PokerPT.com

“Nos próximos meses iremos ter mais operadores de poker” – Manuela Bandeira

Foi no passado mês que os três reguladores dos países com liquidez partilhada no poker, França, Espanha e Portugal, lançaram um comunicado conjunto onde manifestaram a sua satisfação em relação ao primeiro ano de mercado partilhado no poker. Os números foram apresentados na ICE London, evento que reúne operadores do jogo e que tem vários seminários destinados a analisar o que acontece com o jogo online e qual o seu futuro.

Curiosamente, o seminário com o nome: “Liquidez internacional: um impulso para os negócios e para a cooperação europeia” foi organizado pelo Gioconews.it, site de notícias italiano sobre o jogo, que vê o seu país continuar fora desta liquidez partilhada, mas que nem por isso deixa de estar interessado no tema.

No painel estiveram três representantes dos reguladores dos países da liquidez partilhada no poker, que responderam a perguntas realizadas pelos nossos colegas da Gioconews.it. Portugal foi representado por Manuela Bandeira, Directora do Serviço de Regulamentação e Inspeção de Jogos (SRIJ). Com Espanha a levar Guillermo Olagüe, Subdirector da Dirección General de Ordenación del Juego (DGOJ) e França Clement Martin Saint Leon, Chefe de Mercados da Autorité de Régulation des Jeux en Ligne (ARJEL).

As questões colocadas aos representantes foram:

  1. Qual é o balanço deste primeiro ano de liquidez partilhada no poker?
  2. Quais são os próximos passos para melhorar e consolidar a liquidez partilhada?
  3. Quais os próximos países que entrarão na liquidez partilhada?

Os reguladores e a liquidez partilhada no poker

Portugal:

À primeira questão, a representante portuguesa reiterou que o regulador está satisfeito com a liquidez partilhada uma vez que o mercado tem crescido de forma consistente.

A maior revelação talvez tenha aparecido com a segunda questão, onde Manuel Bandeira disse que espera “ter mais operadores de poker em liquidez partilhada“, e que “nos próximos meses, ou semanas iremos ter outro operador, com mais a juntarem-se nos próximos meses“, dando clara indicação sobre a 888poker, que recentemente garantiu licença, e sobre outros operadores que já fizeram pedido de licença (Winamax, partypoker, rede ipoker?).

Já sobre outros países que se poderão juntar à liquidez partilhada, a representante do SRIJ não quis anunciar nomes, dizendo apenas que os reguladores “estão abertos a outros países” que tenham as mesmas preocupações de segurança dos jogadores e de lavagem de dinheiro de França, Espanha e Portugal.

Aqui fica o vídeo:

França e Espanha:

Tal como a sua congénere portuguesa, os representantes de França e Espanha mostraram-se satisfeitos com este primeiro ano de liquidez partilhada, onde sublinharam também a abertura deste mercado a novas jurisdições que estejam de acordo com as leis europeias e que se encontrem em espaço europeu.

Aqui fica o vídeo do representante francês:

E por último o vídeo do representante espanhol:

Já nos segues no Facebook? Instagram? Youtube?

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário