PokerPT.com

Filmes de Poker: Lock, Stock and Two Smoking Barrels (1998) de Guy Ritchie

17/02/2009  /  Eduardo Um Comentário

Filmes de Poker? Sim, até é… Há Poker no filme? Há mas pouco… Tem influência no filme? Tem e muita… Vale a pena? Meu Deus, é uma obra prima!!!!

Guy Ritchie aparece no fim da década de 90 para dar uma volta ao Mundo do Cinema com um estilo, para alguns comparado a Tarantino, para mim único e fácil de distinguir a milhas. Ambos são mestres na popularização do Cool (porque é que os filmes de Poker são sempre “cool”?) mas o realizador do nosso lado do atlântico não os imortaliza. Tarantino idolatra o Cool Bad Boy mas Ritchie faz salientar que qualquer Cool Good/Bad Boy tem os seus dias menos bons e até dias de azar!

Neste filme temos Tom, Soap, Eddie, e Bacon que arriscam as suas poupanças de £100.000 num jogo de Poker. Um Poker um pouco estanho e pouco conhecido, chamado Three-Card Brag. A melhor mão é um trio de 3, a seguir AAA e depois vai descendo até carta mais alta. Nick coloca o que tem e o que não tem num 66T, o oponente tem 774, mas não sabe que o jogo está rigged e acaba a dever £500.000 ao Gangster lá da zona.

A enormidade de peripécias é inacreditável. As personagens são colocadas nas mais absurdas situações mas sem nunca quebrar a credibilidade, evitando que o filme se torne aborrecido ou sem sentido.

Com mais de 15 personagens vitais para o desenrolar da história, “Lock, Stock and Two Smoking Barrels” é uma evolução necessária do cinema como o conhecemos. Com Pulp Fiction e Reservoir Dogs na primeira parte da década de 90, Guy Ritchie lança esta obra em 98 mas é um pouco ofuscada pelo “Out of Sight” de Steven Soderbergh. Ritchie acaba por se afirmar em “Snatch” de 2000, catapultando, por acréscimo, “Lock Stock and Two Smoking Barrels” para a ribalta. O facto de ser o actual parceiro de Madonna também poderá ter influenciado os media mas as obras de Ritchie não precisam do apoio dos media para sobressair.

Conhecido desde 98 nos circuitos de cinema independente, nunca marcou pela popularidade comercial, ao contrário de “Snatch” que foi um blockbuster. De salientar ainda que o realizador de “Out of Sight” acaba por dirigir o famoso “Oceans Eleven” e as sequelas.

Quanto ao desempenho das personagens, é difícil individualizar pois todos desempenham um papel vital no filme e teríamos páginas e páginas a descrever a dimensão de cada uma. Guy Ritchie é um perito em enriquecer personagens com 2 ou 3 diálogos.

Quanto à banda sonora, ronda a perfeição. Temas de James Brown dão o groove ao filme e “I wanna be a your dog” de Iggy Pop and The Stooges encaixa que nem uma luva quando Nick sai do jogo de Poker.

Um clássico da era moderna, “Lock, Stock And Two Smoking Barrels” é obrigatório para qualquer aficionado de Poker. Para os apreciadores de cinema, saíam de casa neste momento e vão à videoteca mais próxima comprar o filme. Eu fui!

Por Ricardo “Cacopt” Pinto

Partilha esta notícia

1 Comentário

caueReis há 12 anos

melhor filme para mim imo!



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário