PokerPT.com

Filmes de Poker: Honeymoon in Vegas (1992) de Andrew Bergman

17/02/2009
Eduardo

Honeymoon in Vegas. Poker movie? Quase que não é… Mas tem Poker e rigged!

A escolha de Honeymoon in Vegas como Poker movie prende-se com 3 factores. Primeiro, tem Poker, mas pouco. Segundo, a nossa recente viagem a Las Vegas que faz com que qualquer filme lá passado tenha valor adicional e terceiro, explico no fim.

O detective Jack Singer promete à sua mãe, na hora de deixar este mundo, de que nunca iria casar. Uns anos mais tarde propõe casamento a Betsy e rapidamente, antes que mude de ideias, dirigem-se para Las Vegas de forma a consumar o casamento. Chegados lá fazem check in no Bally’s Hotel and Casino, em plena Strip. Envolvido pelo ambiente, Singer vai para um jogo de Poker a convite de Korman, um rico jogador profissional. O jogo de Poker é rigged e Singer fica a dever $65.000 a Korman.

O jogador já tinha visto Betsy e por isso arranjou uma maneira fácil de saldar a dívida. Um fim de semana com Betsy, pois esta o fazia lembrar de sua falecida esposa, sem qualquer actividade sexual.

O resto de filme é uma série de acontecimentos fortuitos que dão um ar bem lúdico ao filme. O melhor de todos? A convenção de sósias de Elvis Presley! Condições ideias para ver o filme, num Domingo à tarde, no sofá.

Jack Singer é Nicholas Cage, numa fase da sua carreira que estava a tentar voltar aos sucessos depois de “Raising Arizona” e “Peggy Sue got married”. Uns filmes de menos sucesso e “Honeymoon em Vegas” lançou Cage para as grandes produções demonstrando toda a sua versatilidade. Betsy é Sarah Jessica Parker, a donzela em apuros. Pouco mais a dizer mas até encaixa bem no papel. Korman é James Caan. Sem comentários… Apenas é o Mr. Las Vegas! O restante elenco até é rico e dá substância à produção mas sem nunca passar para um patamar de excelência. Os cameos, aparições esporádicas de estrelas em filmes secundários, de Anne Bankcroft e Peter Boyle, entre outros, também dá uma certa vida ao filme. O realizador Andrew Bergman, depois do grande sucesso de The Freshman, passa para uma categoria inferior e a sua carreira nunca mais evoluiu.

A banda sonora é simplesmente fantástica. Boa música, muito up beat Las Vegas Style. Bruce Springsteen, Billy Joel, Willie Nelson, Bono e o intemporal Elvis Presley.

O momento alto do filme, e Terceira razão pela escolha, prende-se com um momento do filme. O momento em que Singer quer resgatar Betsy e precisa de regressar a Las Vegas. Desesperado por um voo, lá consegue arranjar um avião que o leva. O que ele não estava à espera era de ter um avião cheio de Elvis paraquedistas! A ideia de ter de saltar de um avião com mais 15 sujeitos vestidos de Elvis em plena Las Vegas é simplesmente brilhante. O momento alto do filme e sempre que o vejo quase que me levanto do sofá a bato palmas. Imaginem-se em Las Vegas com dezenas de Elvis a cair do céu…

Por Ricardo “Cacopt” Pinto

4 Comentários

Godinhovsky há 13 anos

Um comentário possível: 'tão novinhos o Cage e a Sarah..'

ricardolol há 13 anos

tens razao n vi :) sorry

portugaleet há 13 anos

esse ja foi anunciado como podes confirmar aqui : http://noticias.pokerpt.com/62-filmes-de-poker/3026-filmes-de-poker-rounders-1998-de-john-dahl.html

ricardolol há 13 anos

temos tb o rounders do matt damon excelente filme sobre texas hold'em



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário