PokerPT.com

Rui Sousa 3º (€607.400) e Giovani Torre 5º (€364.660) no Main Event do EPT Barcelona

01/09/2019
Daniel Fidalgo

A expectativa era muita e com dois jogadores lusos na mesa final do Main Evetn do EPT Barcelona, a possibilidade do título vir parar a Portugal era grande. Infelizmente, nem Rui Sousa nem Giovani Torre conseguiram o desejado troféu.

Seis jogadores em prova, dois lusos e um começo avassalador da mesa final. A primeira mão do dia trouxe logo uma eliminação com o chinês Yunye Lu a cair em sexto para €295.520 de prémio. Lu acabou por colocar a sua stack em jogo com KK no flop J65 contra o flush draw de Marton Czuczor com A2. O river trouxe um K para a eliminação de Yunye Lu.

Poucos minutos depois foi a vez de Portugal contar a primeira baixa da mesa final. Reduzido a 17 big blinds, Giovani Torre caiu em quinto para €364.660 de prémio. A mão da eliminação foi assim contada no nosso Live Report:

Marton Czuczor abre o pote para 550.000 fichas no cut-off, e com stack mais curta da mesa, o português Giovani Torre encosta as suas 4.200.000 fichas. Czuczor dá insta-call para virar AK. Giovani tem KJ e precisa de ajuda da board.

Na mesa sai A4586 e Giovani Torre leva €364.660 de recompensa.

Quatro jogadores em prova e não foi preciso esperar muito para vermos mais uma eliminação. Desta vez, o brasileiro Diego Falcone foi eliminado quando colocou o torneio em risco com AQ. O flip contra o 88 de Marton Czuczor resultou em €436,760 para Falcone quando na saiu 10Q284.

Com o pódio conhecido, os três jogadores decidiram fazer uma pausa e falar dos números do torneio. Tudo terminou alguns minutos depois sem acordo e as cartas voltaram a voar na mesa.

Para nossa tristeza, Rui Sousa foi o jogador eliminado poucos minutos depois, ainda no nível 33 de jogo. O português encaixou €607.400 de prémio pelo seu excelente desempenho neste torneio de poker. A derradeira mão aconteceu assim:

Com JJ nas mãos Simon Brandstrom abre o pote para 525.000 fichas no botão. Rui Sousa defende na big blind com 108.

O flop traz 483 e Sousa faz check. Brandstrom aposta 500.000 fichas e Sousa responde com raise para 1.400.000 fichas.

O sueco vai all-in e depois de pensar durante um pouco, Rui Sousa acaba por dar call para ver que está atrás na mão.

O turn é um 7 e o river um 4 para a eliminação do jogador nacional.

A decisão do torneio ficou assim no heads-up entre e Simon Brandstrom e Marton Czuczor. Os dois jogadores acabaram por fazer acordo, com Czuczor a receber €1.253.234 e Brandstrom a garantir €1.212.706 de prémio, onde os dois jogadores a lutam por €77.460 de prémio para o campeão e o respectivo título.

Resultados da mesa final do Main Event do EPT Barelona até ao momento:

Posição Jogador País Fichas
1 €1.253.234
2 €1.212.706
3 Rui Sousa Portugal €607.400
4 Diego Falcone Brasil €436.760
5 Giovani Torre Portugal €364.660
6 Yunye Lu China €295.520

 

Oferta de €20 com Depósito Mínimo de €10

Sem Comentários



Deixe um Comentário