PokerPT.com

Plantação de canábis na ilha privada de Guy Laliberté

14/11/2019
Luís Sousa

O endinheirado canadiano co-fundador da mais famosa companhia de artes circenses dos últimos anos está em sarilhos, com Guy Laliberté a entregar-se às autoridades da Polinésia Francesa para ser presente a tribunal esta quarta-feira. Tudo porque foi encontrada na ilha privada de Laliberté várias plantas de canábis com agora este a ter que prestar esclarecimentos ao tribunal local.

Numa declaração, a companhia de Laliberté Lune Rouge negou as acusações de que a plantação na ilha privada no Sul do Pacífico fossem para propósito comercial, apontando apenas uso medicinal e estritamente pessoal.

Guy Laliberté dissocia-se completamente de qualquer rumor implicando-o na venda ou tráfico de droga” declaração via Lune Rouge

FOTO FLORENT COLLET

Tudo aponta para que tudo tenha começado após um funcionário da luxuosa ilha Nukutepipi, o director privado, ter sido detido na posse de marijuana e no seu telefone foram encontradas fotografias da plantação, de acordo com o journaldemontreal.com.

O processo deverá ser moroso e longo, com o canadiano a poder regressar ao seu país desde que compareça sempre que solicitado pelo tribunal local e não poderá ter contacto com o detido mencionado acima.

A determinação fulcral será se esta plantação servia para comercialização, algo que poderá ser eventualmente influenciado pela aquisição de 12.85% da 48North Cannabis pela sua empresa Lune Rouge, a meio de 2018, fazendo Laliberté entrar no mercado regulado de canábis medicial no Canadá.

No que ao poker diz respeito, Guy Laliberté foi uma das primeiras figuras fora do nosso mundo a causar sensação no alinhamento do High Stakes Poker, alguns anos depois foi o impulsionador do maior torneio de poker até então, o WSOP The Big One of One Drop 2012 onde foi 5º classificado, e chegou a participar no The Big Game da PokerStars, mais  “recentemente”:

Sem Comentários



Deixe um Comentário