PokerPT.com

Phil Ivey chega a acordo com o Borgata no caso de $10 milhões

É uma novela que já se arrasta há vários anos e que finalmente poderá ter um fim à vista. Segundo o NJ Online Gambling, Phil Ivey terá chegado a acordo com o Borgata no caso de $10 milhões sobre o alegado uso de edge sorting nas mesas de Baccarat.

O caso remonta a 2012, ano em que Phil Ivey e a sua cúmplice Cheung Yin “Kelly” Sun jogaram Baccarat no Borgata de New Jersey e saíram de lá com quase $10 milhões de lucro. O Borgata e o Casino Crockfords no Reino Unido, no qual o jogador usou o mesmo esquema, acabaram por processar o jogador profissional de poker em 2014, com o casino de New Jersey a ganhar a causa e a ver Phil Ivey condenado a pagar o dinheiro que recebeu nas mesas.

O caso que vai mesmo dar um filme nos cinemas e que até já tem actores contratados, prosseguiu com o Borgata a tentar reaver o dinheiro de Phil Ivey, chegando mesmo a confiscar $124.410 de prémio do jogador no evento #58 – $50.000 Poker Players Championship das WSOP do ano passado. Após vários recursos dos advogados de Phil Ivey, o casino ameaçou levar o caso para os tribunais federais. Mas nova acusação significa nova defesa por parte de Phil Ivey e um novo processo, que poderia não terminar a favor do casino.

Segundo alguns especialistas, o jogador profissional de poker era mesmo um pouco favorito a ganhar o caso em novo processo, o que poderia abrir jurisprudência para os casinos do MGM Resorts. Ambas as partes chegaram a acordo fora dos tribunais e apesar dos números não serem conhecidos, ambos vão poupar imenso dinheiro em advogados, num processo que se adivinhava mais uma vez moroso.

O acordo acaba mesmo por não ser uma surpresa para os advogados e especialistas que acompanharam o processo e parece mesmo ser um caso de win-win para ambas as partes.

Foto: King’s Resort

€8 Grátis + Bónus 100% até €400
Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário