PokerPT.com

A reacção de Negreanu à trapalhada no WSOP POY

09/11/2019
PavlovDoorman

Ficamos a saber esta noite que afinal o título de WSOP Player Of the Year é de Robert Campbell e não de Daniel Negreanu, após a descoberta de um erro na atribuição de pontos a Negreanu, num torneio onde não chegou aos prémios. Agora vamos ver a reacção de Negreanu à trapalhada no POY WSOP.

Há algumas horas atrás recebi uma chamada do Seth Palansky, informando-me que tinha havido um erro no cálculo do total de pontos do WSOP POY, dos torneios realizados em Las Vegas.

Aparentemente, eles creditaram-me um ITM num torneio onde eu não cheguei aos prémios, o torneio online de $1,000. Estes torneios normalmente precisam de mais tempo para serem processados, e serem adicionados ao site, porque os nicknames têm de ser confirmados para descobrir a que jogador pertencem.

Cerca de 213 pontos foram-me atribuídos nesse torneio. Ninguém sabia deste erro que afectou a minha pontuação no WSOP POY, assim como a de outros 15 jogadores, até depois das WSOPE em Rozvadov.

É uma situação infeliz, mas erros acontecem e a vida continua. Estou genuinamente feliz pelo Robert Campbell, porque sei quanto isto significa para ele e também sinto que ele merece, ao ter ganho duas braceletes este ano.
Além disso ele é uma boa pessoa, o que também ajuda.

Quando soube disto, estranhamente não fiquei zangado nem nada parecido. Fiquei surpreendido. Nenhuma reacção negativa ou sentimento de perda. Obviamente que caso soubesse o total de pontos correcto, teria mudado a minha estratégia em Rozvadov, assim de repente lembro-me de várias mãos onde teria jogado de forma diferente, muito antes do final do Colossus que também foi afectado por isso.

Um exemplo óbvio, no torneio de €25K Short Deck, durante a bubble eu foldei QxQx para um raise simples, poque pensava que o cash e respectivos pontos, me colocariam em boa posição para ganhar o POY. Soubesse eu que estava mais afastado da liderança do que pensava, por 213 pontos, e teria jogado essa mão, e quem sabe o que teria acontecido a partir daí.

No final disto tudo, não tenho lamentos. Fui para Rozvadov focado no objectivo que tinha pela frente, delineei a estratégia para conseguir o máximo de pontos, e com base no que sabia, consegui fazê-lo. No que ao trajecto diz respeito, só o posso considerar como bem sucedido. Saí de Rozvadov satisfeito com as minhas decisões, e isso não mudou com a notícia de hoje.

Cerca de 90% da minha chamada com o Seth não teve nada a ver com o erro.

Negreanu continuou o texto, com algumas propostas para alterar a fórmula do WSOP POY, que a seguir resumimos:

  • Apenas os 12 melhores resultados contam para o WSOP POY;
  • Diminuir o valor do mini cash em torneios com reentries e vários dias de arranque.
  • Os mini cash não devem ter todos o mesmo valor. Um mini cash num torneio com mais de 3.000 entradas, deve contar menos, que um num torneio de $10,000 com 100 entradas.
  • Diminuir os pontos atribuídos no Main Event.
  • Diminuir os pontos pelo número de entradas do jogador no torneio. Se um jogador utilizar 4 entradas (1 buy-in e 3 reentries), num torneio e tiver direito a 1.000 pontos, então deve receber 1.000/4 = 250 pontos.

No final, Negreanu voltou a dar os parabéns ao rival:

Uma vez mais parabéns ao Robert Campbell, és um campeão totalmente merecedor apesar deste erro infeliz. Para a história não deve aparecer nenhum asterisco ao lado do teu nome. Fizeste umas WSOP e WSOPE incríveis e ninguém pode negar-te isso.

€8 Grátis + Bónus 100% até €400

Sem Comentários



Deixe um Comentário