PokerPT.com

Depois da Princesa do Poker, Manhattan tem novo príncipe

Terminado o reinado de Molly Bloom como a princesa do Poker, Manhattan tem novo príncipe – o advogado Charlie Prince.

Molly cumpre uma sentença de um ano de pena suspensa pela organização de partidas ilegais de poker, já Prince não teme o mesmo destino, pois os torneios que organiza, são disputados em sua casa, e Prince não lucra com a sua organização. Ao contrário de Molly, que foi também acusada de ligação a uma rede criminosa (em Nova Iorque as partidas caseiras de poker são legais, desde que o organizador não lucre com as mesmas).

De duas em duas semanas, Charlie Prince afasta os móveis da sua sala, e monta 3 mesas de poker devidamente personalizadas. Nestes torneios caseiros, Prince faz questão de usar um anel de diamantes, avaliado em $30,000. Anel que ganhou num torneio solidário de poker.

A paixão de Prince pelo poker é tanta, que apesar de organizar os torneios na sala de casa, montou uma espécie de tv table, com direito a pequenas câmaras e tudo.

Os torneios de Prince começaram em 2002, e essa decisão foi “a melhor decisão que tomei. Fiz mais amigos desta forma do que qualquer outro modo na minha vida. Um tipo toca trompeta, outro é cirurgião cardiovascular, e muitos bancários. Um casal conheceu-se nos torneios e casou-se. A Miss World de 2003 chegou a participar nos nossos torneios”.

Shai Markowicz, bancário de 38 anos explica assim os torneios ao New York Post:

Vens cá, revês amigos, e o máximo que podes perder são $60. Cerca de 60% do jogo consiste em socializar.

Os vencedores dos torneios de Prince, recebem uma fivela de cinto personalizada, e um troféu.

*fotos NYPost

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário