PokerPT.com

‘Filosofia barata de fundo de quintal’ Akkari comenta o texto de Daniel Colman

07/07/2014
Eduardo

Após o artigo de Daniel Negreanu a comentar o texto de Daniel Colman, vamos agora partilhar o texto de curiosamente outro Team PokerStars Pro, o brasileiro André Akkari.

Colman foi o vencedor do 2º Big One for One Drop, o torneio com o maior buy-in do mundo, e no final recusou-se a falar com a imprensa. No dia seguinte explicou o porquê de o ter feito, através de um texto que publicado no 2+2.

Uma das primeiras reações ao texto, foi de Daniel Negreanu que também escolheu a escrita para explicar tudo o que lhe ia na alma. Agora é a vez de André Akkari:

Minha opinião sobre o discurso do campeão!

E aí galera, tudo bem com vocês?

Aqui esta tudo beleza, acabaram os torneios da WSOP e agora restou o maior deles, o Main Event. Durante estes dias estamos aqui no QG em Vegas nos preparando para este grande evento mais do que tudo. Exercícios diários, conversas técnicas e tentando relaxar a mente o máximo já que a WSOP não foi das melhores.

Mudando de assunto, o campeão do One Drop deste ano com buy in de 1 milhão de doláres Daniel Colman após o título se recusou a dar entrevista para as mídias de poker que estavam na WSOP. Depois de muito ser questionado e até bombardeado por algumas mídas, Daniel resolveu escrever um post no famoso forum Two Plus Two onde deu as razões pelas quais ele não queria falar em público.

Basicamente o campeão e fenômeno do poker diz que não queria aparecer, não queria ser famoso por jogar poker pq poker segundo ele era um jogo sombrio, onde muitas pessoas perdem dinheiro e poucos ganham, e que ele por ser profissional deste jogo e se beneficiar tanto dele sabia exatamente o quão triste o cenário era a ponto de não se orgulhar de fazer parte.

Eu conheci Daniel em Monte Carlo, inclusive ele mora no Rio de Janeiro. Um cara gente boa, parecendo ser bem simples e conheço também muita gente que o conhece e quem passa mais ou menos a mesma visão do garoto para mim. Ele é regular de heads up hiper turbo online, passa praticamente o dia todo sentado em um laptop esperando alguém entrar para enfrenta-lo em jogos caríssimos.

O primeiro ponto que eu gostaria de compartilhar meus pensamentos com vocês, sem ser o dono da razão mas expondo o meu ponto de vista é que o que a mídia fez com Daniel foi ridículo. Ele não é e não deve ser obrigado a dar entrevista para ninguém, ninguém é. Ele joga o torneio que ele quiser, e quando ganhar ou perder faz o que bem entender. Ficar acusando o cara de estrelismo ou de qualquer outro nome pejorativo porque não queria alimentar a mídia de poker é baixo e sem fundamento.

Entretanto, o discurso do Daniel para mim foi contra tudo o que eu penso. Foi filosofia barata de fundo de quintal, uma tentativa sim de demonstrar uma humildade exagerada, ingratidão profunda por um mercado que entregou coisas demais para ele, e principalmente de uma hipocrisia enorme. Explico o porque.

Se vocês quiserem ler o discurso na íntegra em inglês esta aqui.

O discurso do Daniel já começa de forma triste, diz ele que não deve explicações nenhuma, não deve nada ao poker mas que mesmo assim vai falar. Puro egocentrismo na minha opinião. Vejo isto diariamente em pessoas que tento trabalhar a carreira no poker. O cara começa a despontar para algum tipo de sucesso, ganhou um torneio qualquer na internet e já pensa que é o centro do universo e que todos os olhos e atenções estão voltadas para ele. Imagina o cara que ganha o One Drop com buy in de 1 milhão de dólares. Isto para mim é um sinal apenas de como ele pensa e o risco que ele corre de se transformar em uma pessoa fortemente egocêntrica com o passar dos anos. Para mim o discurso deveria começar agradecendo quem torceu por ele, agradecendo quem trabalhou para ele ser tão afortunado. Mas egocêntricos nunca acham que ninguém trabalhou, ninguém ajudou, somente si próprio e não é desta maneira.

Depois falando sobre o discurso no geral, Daniel, talvez por ser novo ainda, não entendeu muito bem alguma relações importantes neste mundo. Uma coisa onde muitos perdem, muitos investem e não tem sucesso, muitos tentam chegar ao topo e não são bem sucedidos e são derrotados em geral por poucos, chama-se ESPORTE. Esta é a natureza do esporte.

Nesta minha estrada conheci muitos atletas, atletas de esportes incontestáveis como futebol, tênis e volei e não são quaisquer atletas não, nego grande e todos eles, 100%, quando questionados por este assunto em jantares e reuniões compartilham do mesmo ponto de vista. O esporte favorece sempre 0.0X% das pessoas que o praticam tanto por lazer como por profissão. Se você questionar como sei isto, se perguntei isto para eles, sim, perguntei. Porque esta visão do Daniel, todos que começam a jogar poker compartilham um pouco em um primeiro momento, então é pertinente para mim que conhecendo as pessoas que conheci quisesse levantar estes bate papos para formar melhor a minha opinião. Eu também tive minhas dúvidas.

E vou além, o poker é um dos esportes que mais devolvem, que mais entregam benefícios aos seus jogadores, principalmente aos amadores.

Agora poucos ganharem, você ficar bitolado em evoluir e ganhar, você investir em infra estrutura para correr atrás do seu sonho e você ficar inserido em um contexto onde vê a maioria se ferrar é algo bom? Não sei, mas isto é ESPORTE.

Quantos jogadores de futebol existem somente no Brasil ganhando uma miséria todos os meses? Pessoas que investiram sua vida toda para isto acontecer, gastaram o que tinham e o que não tinham de suas familias para tentarem a profissão tão sonhada do Neymar, não estudaram de forma correta ou completa, mudaram de suas cidades, passaram perrengues absurdos, e no final das contas, nada deu certo e nunca vai dar, vocês tem ideias de quantos? Infinitamente mais do que a existência de ídolos ou bem sucedidos do campeonato brasileiro da primeira divisão.

E no tênis? Reservas financeiras construídas a todo esforço com muito trabalho “regular” são gastas todos os meses em técnicos, professores, aluguéis de quadra, compra de equipamento, e anos após anos mais viagens, hotéis e etc para que? Para todos os méritos de um esporte enorme, mundialmente conhecido, dormirem nas mãos na última década de quatro ou cinco jogadores, Nadal, Djoko, Federer e mais um ou dois ai que podem ser citados. Quantos ganham dinheiro com tênis? Quantos são lucrativos de fato? E quantos jogam e tentam???

Imaginem vocês, passar a vida inteira investindo dinheiro pesado, e é pesado em, repito porque talvez alguns dos meus leitores não façam ideia quanto se coloca de dinheiro para se formar um jogador de alto nível, e no final das contas ele vai ser um mero espectador do sucesso de quatro ou cinco jogadores. Então o tenis é sombrio? Sim, de uma certa forma, pelo menos da forma do Daniel deveria ser considerado, mas eu não vejo assim, vejo o ESPORTE sendo assim.

Então porque as pessoas gastam o
que não tem, investem fortunas, tentando algo que se tem 1% de chance de sucesso neste mundo?

O ser humano é movido a desafio, a adrenalina. Uma vez que você experimenta este sentimento de competição você não larga mais. Eu sou viciado em derrubar paredes e conquistar coisas. Se cheguei muito longe ou se não consegui ser bem sucedido não importa. Lutar, competir é o que me move e sempre vai ser assim. Não tem Daniel nenhum que possa julgar este meu sentimento ou as coisas que me dão prazer nesta vida, a vida é minha. O que eu sou é grato ao esporte, grato a este cenário competitivo que faz a minha vida mais emocionante, menos parada e sem sal. Não digo que todos devam pensar assim, mas eu penso e adoro.

O poker devolve mais a quem não se esforça tanto do que os outros esportes. Amadores enfrentam profissionais, sabendo disto. Pessoas que não mais teriam condições de terem estes sentimentos citados acima no poker tem. Passam um blefe no Phil Ivey e voltam para as suas casas mais realizados do que nunca foram na vida. Eu não consigo enfiar uma paralela de direita no Nadal mas um jogador iniciante consegue “flutuar” o Negreanu em uma mão na WSOP.

Agora este amador que não se prepara vai perder no médio e longo prazo? Claro que vai, e tem que ser assim, assim como eu perco no tênis e no futebol. Perco mas não é derrota, é um investimento para praticar uma atividade que me dá um enorme prazer. Eu bater o backhand hoje melhor do que bati ontem me dá um prazer imenso, vibro, grito, sacaneio meus amigos de quadra e mesmo assim quando me filmam jogando me sinto um tosco que não faz ideia do que esta fazendo, mas e daí, eu adoro jogar.

Falta ao Daniel experiência de vida para enxergar como realmente o mundo funciona e o que movem as pessoas, entretanto acho que este falta de conhecimento e de experiência que gerou este post patético dele, sim patético na minha opinião, ainda não foi a pior parte.

Daniel tem a vida dos sonhos, muita gente trabalha por trás deste mercado para ele ter esta vida e ele foi mal agradecido, egoísta principalmente em dizer que não exalta feitos individuais de ninguém e por isso a sociedade segue rumos sombrios. Isto vindo de um jogador de heads up hiper turbo, que mora em uma cobertura do Arpoador, que com 20 e poucos anos leva a vida dos sonhos justamente por esperar um, apenas um jogador entrar na sua jaula para arrebenta-lo no meio é de uma hipocrisia sem fim. É uma visão completamente populista e fora de contexto. É promover algo que você não faz, ou criticar em público algo que você por trás faz, isto chama-se hipocrisia no dicionário. Feio e baixo diante de usar da atenção que um título individualmente lhe deu para passar uma ideia de monge budista que nunca meditou.

Eu já critiquei coisas e depois acabei fazendo, eu já fui hipócrita também em alguma situação e acho que todos nós podemos cometer ou de fato cometemos este erro em algum momento de nossas vidas, principalmente sendo novo, mas este cara caprichou demais, foi uma das maiores hipocrisias que eu já vi.

Tenho certeza absoluta que foi apenas um erro, que ele não é um cara do mal, conversando com ele se ve que é boa gente e conversei bastante com ele no Main Event de Monte Carlo, inclusive onde ele ganhou o Super High Roller de 100k de buy in e ele se mostrou um cara muito bacana, agora pensa bem, no texto dele ele diz que a sociedade deveria pensar diferente, não valorizar conquistas individuais, que isto desvia a atenção das coisas que realmente deveria importar na sociedade. Acho legal o discurso, mas dando buy in de 1 milhão de dólares, de 100 mil dólares, e jogando por 5 ou 10% é realmente a forma mais bonita de usar uma fama que você construiu para buscar o bem da sociedade? Ou o seu próprio?

De uma hipocrisia sem fim!

Este texto do Daniel mostrou como garotos podem ser facilmente enganados pelos seus próprios pensamentos noturnos e rebeldes de como a vida deveria ser bela, a sociedade deveria ser integrada e acordar no dia seguinte potencializando todo o sistema já conhecido de como a sociedade funciona. Apenas mais um garoto com um discurso fraco.

Quer ver menos pessoas perderem no seu esporte ou no seu jogo e mais pessoas se beneficiarem do que você já se beneficiou? Vai dar aula de poker de graça, ao invés de dar buy in de 1 milhão, cria um projeto social, ou mesmo dando o buy in sem problemas. Vai na favela da Roçinha criar novos pensadores lógicos e inteligentes de heads up hiper turbos com todas as estratégias e matemáticas envolvidas. E não vai ganhar 15 milhões de dólares de pessoas que não tem a sua capacidade e depois ficar cagando discurso do Dalai Lama para este mesmo grupo de aficionados.

Pessoas vibram com o poker, investem para se divertir, outros tentam carreira sem sucesso, outros tentam e conseguem sucesso médio e a grande minoria voa alto e conhecem todos os benefícios de ser um atleta de alta performance e é assim que é o esporte é, e é assim que sempre vai ser.

No curso do QG dizemos na primeira hora que provavelmente ninguém que esta ali vai virar profissional, que 2.5% dos jogadores conseguem, mas que aprendendo o poker pode não lhe dar dinheiro mas lhe trazer muito prazer de adrenalina e estratégia.

Nós vendemos cursos de poker, ensinamos o jogo, dividimos experiências e você pode pensar que uso isto para ganhar dinheiro e é claro que sim, mas fazemos muitas outras ações para divulgar este esporte e esta estratégia sem cobrar um real, apenas para promover os benefícios desta atividade que prepara a mente para grandes desafios.

Acho que o Daniel vai aprender demais ainda, inteligente do jeito que é só lhe falta vivência, experiência mesmo, isto é um patrimônio que somente a idade lhe serve e aos poucos ele vai achar o caminho dele de lidar com suas crenças, seus anseios e ter atitudes que realmente vão junto com estes pensamentos e não complemente contra o seu discurso. Com isto acho que ele tende a ser mais feliz porque no seu discurso me pareceu triste.

É claro que sei que muita gente gostou do discurso do cara e respeito todos, mas esta é a minha opinião. Respeito o debate, respeito quem não concorda comigo, mesmo que seu esporte seja este, não concordar com alguém, porque vocês sabem que tem gente que vive disto né? Xingar os outros, criticar quem emite opinião ou agredir em rede social, sem contar os que passam a vida medindo a felicidade diante do fracasso dos outros. Infelizmente a nossa felicidade gera muita infelicidade para quem nos odeia, ao invés do cara buscar suas conquistas, bater suas metas, ser uma pessoa melhor, ele quer transformar os outros em piores, diminui-los. Para você que pensa deste jeito fica apenas a minha dó. Eu conheço alguns que tiveram nas suas vidas os grandes dias de sucesso sendo o meu fracasso e os piores dias de sua existência quando eu tive sucesso. Imaginem que vida triste esta? Portanto, se é por uma conversa saudável, debate criativo e para evolução, deixe seu comentário aqui no blog sobre o que você pensa a respeito.

No resto galera é foco no Main Event, preparação psicológica para estar bem para esta competição, torcer muito pelo nosso país na Copa do Mundo, parar de lamentar a saída do nosso craque Neymar, rezar para ele ficar bem e apoiar nossos outros guerreiros que vão buscar este título para o nosso país que tem no futebol uma dos poucos grandes orgulhos e no geral curtir a vida. Estou disparado no melhor momento da minha vida, o mais feliz, mais sólido e o que mais me deixa impul
sionar pessoas a buscar as mesmas felicidades que conquistei e continuarei conquistando.

Espero que vocês também estejam muito felizes!

Grade abraço,
André Akkari

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

13 Comentários

joaocastro há 7 anos

Dor de corno!!!!!! Afinal como ele ha muitos em Portugal. jogador profissional mediano com gosto pela critica. Invejoso, nunca vai chegar ao pes dos grandes, nunca vai arriscar o suficiente para ser grandes. E um profissional que nunca ganhou nada de importante, ganha para comer apenas!!!! Faz um show de tv e videos e ganhar mais alguns trocos. Nunca chega as pes do grandes. Naza, Poeira, Ruinf, Jvieira, freelancer... metem todos este gajo num bolso!!!! Vai comer mais uns tremoços e cala-te!!!

EvilInvader há 7 anos

O Akkari é um gajo fixe, ajuda os donks a jogar melhor e o caralho... Pah, mas ele no fundo odeia muita gente e acaba por "demonstrar" isso indiretamente. Mostrou que não gostava dos portugueses porque ele não tinha necessidade nenhuma de nos magoar com o Ronaldo, nem tavamos num confronto direto, basta juntar 1+1. Ficou muito mal na fotografia, desculpou se mas não dá porque meteu a pata numa poça muito funda. Agora vem com esta merda do Colman... Akkari, deixa de falar porque só falas merda. isso não é humildade é ódio...

nunoricardovaz há 7 anos

Akkari, perdeste toda a humildade que te caracterizava. É pena.

JOKA78 há 7 anos

Revejo-me completamente nesta opinião. Tem de se dar valor ao Akkari, mt gente pensa como ele, mas nao o opina...

sd86ms há 7 anos

Tanta raiva ao akkari, ainda é por ele ter brincado com os Ronaldos? lol Cada um tem a sua opinião, vale o que vale, o gajo esta 13 milhões mais rico deve estar muito preocupado com isto tudo que se tem falado..

Sr_motim há 7 anos

Hats off #6 #7

athlon182 há 7 anos

PS: Só para finalizar, acho é de uma profunda hipocrisia o rapaz tar a morar no Rio, um das cidades mais perigosas do mundo e tu saberes disso e vires quase incitar pros brasileiros o odiarem com esse texto. És um dos grandes embaixadores do poker no brasil e queres que ele entre numa favela pra ensinar alguem a jogar poker sob o título de "15 milhões de dollars ganhos no One drop"? Tu já sofreste assaltos, sabes bem do perigo que é e queres que ele sofra do mesmo? Pensa...

athlon182 há 7 anos

1. Já tinha avisado a malta que o akkari tava a ficar para trás no poker, já n aguenta a competição. Virou-se pro poker live pk tinha tido uma downswing de 50k no online. Saiu da team online pra ir pra team live. Mta gente me disse.. "isso n tem nada a ver, as pessoas tem novos objetivos lalalala". Contem-me historias, o certo é que nesta WSOP o akkari saiu-se ainda pior do que online e tá com uma dor de corno impossível. #FACT O Colman em menos torneios da WSOP (sem contar com o One Drop) este ano, tem mais profit do que o Akkari a jogá-los todos. Como é possível? #FACT 2. " Isto vindo de um jogador de heads up hiper turbo, que mora em uma cobertura do Arpoador, que com 20 e poucos anos leva a vida dos sonhos justamente por esperar um, apenas um jogador entrar na sua jaula para arrebenta-lo no meio é de uma hipocrisia sem fim.". Akkari, ele só vive na cobertura do Arpoador a 1500km da família dele porque nao tem poker online no sitio onde vive, foi-lhe tirado. E falas tu que não tinhas Domingos com a família. Pois bem, ele não tem nem Segundas, nem Terças, nem Quartas, nem Quintas, nem Sextas, Sabados ou Domingos. A família dele tá nos USA porque largou tudo pra jogar poker. E se jogar high stakes hyper turbos e ganhar 2 milhões num só ano é tão fácil, porque é que nao tentas fazê-lo pra saires dessa tua downswing que parece nao ter fim? Já vais em quanto -150k ? Impossível... Fiquem.

ozlem33 há 7 anos

este akari... diz que respeita a opinião do homem. depois desata a chamar de garoto hipócrita, para cima. afinal onde é que está a parte do respeito? ainda não percebi. enfim publicidade da jokerstars, que é sem duvida o lado mais sombrio do Poker.

Foldem há 7 anos

Akkari a tentar cativar quem o segue da forma errada.

Madrakio2 há 7 anos

Filosofia barata de fundo de quintal digo eu deste texto! O "playboyzinho" Akkari anda fera com o garoto Daniel,não será dorzita de corno!? È que para chegar ao já conquistado sucesso do garoto vai ter que rola muito cara! E ele que não fala-se do neymar...é tudo esporte mané,pega leve! Afinal é só um jogo! Beleza!

JFerreiraR há 7 anos

Akkari cala-te que nem para o poker serves!

keops há 7 anos

Nough said.



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário