PokerPT.com

Ray Bitar declara-se inocente e continua na prisão

04/07/2012
Eduardo

Aquele que todos ligam à gestão da Full Tilt Poker entregou-se na passada segunda feira às autoridades norte-americanas e depois de ser presente à juíza Debra Freeman, do Tribunal de Manhattan, declarou-se inocente dos 11 crimes de que é acusado.

Entre as 11 acusações consta-se lavagem de dinheiro, fraude online, e operação de um negócio de jogo ilegal. Caso seja julgado culpado de todos os crimes Bitar enfrentará uma sentença máxima de 145 anos de prisão, pois nos Estados Unidos é possível a acumulação de penas.

Ao entregar-se às autoridades Bitar viu as acusações serem revistas, mas o Departamento de Justiça incluiu agora as acções pós Black Friday, em que a Full Tilt continuou a aceitar depósitos de jogadores fora dos EUA, apesar de não ter os fundos dos jogadores dos EUA.

Se Bitar escreveu uma carta aos funcionários da Full Tilt dizendo que voltava aos Estados Unidos para auxiliar no processo de retoma do site, os procuradores norte-americanos dizem que não será bem esse o caso. Já que trabalhavam em conjunto com as autoridades irlandeses para uma possível extradição de Bitar, caso este não voltasse aos EUA de forma voluntária.

Bitar tem uma fiança de $2,4 milhões, que ainda não pagou e por isso continua preso.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Sem Comentários



Deixe um Comentário