PokerPT.com

Ray Bitar da Full Tilt entregou-se ao FBI

03/07/2012
Eduardo

O final do dia de ontem ficou marcado pelas notícias da rendição de Ray Bitar, o rosto por detrás da gerência da sala Full Tilt Poker. O FBI não perdeu tempo e foi esperar Bitar ao aeroporto internacional John F. Kennedy.

Tudo começou com a publicação de um alegado email de Bitar aos funcionários dos escritórios da Full Tilt na Irlanda no 2+2. Email que agradece o esforço dos funcionários e clarifica que o regresso de Bitar aos Estados Unidos é mais um passo no processo de venda da Full Tilt à PokerStars (e posterior pagamento aos milhares de jogadores).

Horas mais tarde o escritório do U.S. Attorney Preet Bharara emitiu um comunicado dando conta da detenção de Bitar numa operação conjunta com o FBI. No comunicado que podem ler aqui, Bharara volta a falar da Full Tilt como sendo um Esquema de Ponzi.

Bitar que é um dos 11 nomes acusados no processo Black Friday está acusado de 9 crimes e enfrenta um máximo de 145 anos de prisão. Ainda ontem Bitar já esteve presente perante a juíza Debra Freeman.

Preet Bharara diz que “com a detenção de hoje e as novas acusações sobre ele, Raymond Bitar será agora acusado criminalmente pela alegada fraude de milhões que cometeu contra os clientes dos Estados Unidos. A acusação indica como Bitar enganou os seus clientes-jogadores e tratou de tudo como parte de um esquema de Ponzi internacional, deixando os jogadores de mãos vazias.”

Janice K. Fedarcyk, directora assistente do FBI disse que “Bitar e a Full Tilt Poker persistiram na solicitação de jogadores dos Estados Unidos muito depois de essa conduta ser declarada ilegal. Como alegado, Bitar já foi acusado de defraudar bancos, escondendo o jogo ilegal. Agora é acusado de defraudar os clientes da Full Tilt por esconder as fracas condições monetárias e por pagar aos credores mais antigos com os depósitos dos jogadores mais recentes. O casino on-line tornou-se um esquema de Ponzi na internet.

Além de Bitar, também foi acusado Nelson Burtnick. Este último responsável pelo processamento de pagamentos da Full Tilt Poker.


O mail de Bitar aos funcionários da Full Tilt em Dublin:

A todo o staff de Dublin

Por agora provavelmente já ouviram que regressei aos Estados Unidos para lidar com os casos civis e criminais que estão pendentes contra a minha pessoa em Nova Iorque. Todos nós trabalhamos arduamente nos últimos 15 meses para preservar os bens e potencial da Full Tilt, de forma a providenciar o reembolso a todos os jogadores, e essa continua a ser a nossa prioridade de topo. Agora mais do que nunca, é importante que nós façamos todos os possíveis para que isso aconteça, e esperar que o nosso acordo com a PokerStars torne o nosso objectivo uma realidade brevemente. O meu regresso aos EUA faz parte deste processo.

Estou particularmente grato a todos vós em Dublin pelo vosso trabalho árduo, paciência e compreensão nestes tempos difíceis. Acredito que o vosso trabalho árduo e dedicação não devem passar despercebidos, e tratamos de fazer com que a PokerStars garanta todos os salários de Julho. Portanto, podem continuar a trabalhar durante este período sem qualquer tipo de preocupação. Depois disso, esperamos que os vossos contratos sejam assumidos pelo comprador dos bens da empresa.

Todos aqueles que precisarem de me contactar, espero continuar disponível através de email ou telefone a partir do final de segunda-feira, hora de Nova York.

Entretanto, por favor reencaminhem quaisquer questões operacionais para **EDITADO** e quaisquer questões de Recursos Humanos para **EDITADO**.

Mais uma vez obrigado a todos.
Cumprimentos,
Raymond J Bitar

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

1 Comentário



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário