Daniel Tzvetkoff vai a Tribunal testemunhar contra Elie e Campos

Era de esperar que o australiano fosse uma das testemunhas chave do Departamento de Justiça norte-americano no processo que moveram a Chad Elie e John Campos, ex-sócios de Tzvetkoff no processamento de pagamentos das salas de poker online.

Tzvetkoff foi preso em Las Vegas em 2010 e enfrentava uma pena de prisão de 75 anos, pelo processamento de dinheiro vindo de salas de poker online, mas chegou a acordo com os procuradores, tornando-se assim informador das autoridades. Foram aliás as suas informações que levaram à Black Friday, e consequente encerramento da PokerStars, Full Tilt Poker e Absolute Poker.

Os procuradores terão recebido mais de 90.000 documentos de Tzvetkoff, incluindo emails confidenciais. A 9 de Abril, num tribunal de Nova Iorque, Tzvetkoff irá testemunhar contra Elie e Campos. Estes enfrentam possíveis penas de prisão até 85 anos e 35 anos (respectivamente), por fraude bancária e lavagem de dinheiro.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador. Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.