PokerPT.com

Rinat Bogdanov ganha o WPT Venice Grand Prix

Foi para a Rússia o troféu de campeão do WPT Venice Grand Prix. Tendo começado o 5º e último dia com a terceira maior stack Rinat, soube esperar pelos momentos certos para reclamar o título e o primeiro prémio de €229,800.

No arranque da final table deste torneio de €4.950, e sendo um evento World Poker Tour, já só estavam 6 jogadores (de um total de 155 participantes). Era este o cenário no arranque do quinto e último dia:

  • Lugar 1: Andrea Dato – 1,591,000
  • Lugar 2: Simon Ravnsbaek – 922,000
  • Lugar 3: Andrea Carini – 347,000
  • Lugar 4: Rinat Bogdanov – 907,000
  • Lugar 5: Gianluca Trebbi – 343,000
  • Lugar 6: Alessandro Longobardi – 558,000

Andrea Dato, dominou as primeiras mãos, cavando um fosso ainda maior para os restantes competidores, e mostrando-se em boa forma para tentar à sua segunda final table consecutiva em Veneza, conquistar finalmente o título (o que já sabemos que não aconteceu).

A vantagem de Dato ficou ainda maior quando eliminou o outro Andrea da mesa, Carini. Este último foi all-in com das3 e perdeu para os-8c-d8 de Dato (que passava os 2 milhões de fichas por esta altura).

Os italianos continuaram a degladiar-se e foi em novo confronto transalpino que se deu a eliminação seguinte. Desta vez o despique foi entre Longobardi e Trebbi, perdendo este último com hth7 contra os djhj de Longobardi.

Depois chegou a hora de Bogdanov entrar em jogo. O russo não teve um início de dia fácil, vendo a sua stack baixar consecutivamente, mas em dois potes contra Ravnsbaek deu a volta. O primeiro foi um double up, que permitiu a Bogdanov aproximar-se dos lugares da frente. Na segunda mão, eliminou Ravnsbaek e alcançou a liderança:

“Ravnsbaek vai all-in de 600.000 com h2d2, e Bogdanov espreita as suas cartas. Vendo dtst dá instacall.

Flop: sas7d6
Turn: sq
River: s8

Dato ripostou e conseguiu ganhar um pote que levou Bogdanov a descer às 800.000 de novo. Já se esperava um heads-up entre jogadores da casa, quando Bogdanov começou a dobrar de forma consecutiva. Primeiro às custas de Dato, depois de Longobardi. Dato dobrou ainda Longobardi e acabou por perder na 3ª posição:

“Dato abre com all-in tendo sk-4d e recebe call de Bogdanov que tem cadk.

Flop: hahqs8
Turn: h3
River: sj

Bogdanov chegava ao heads-up com posição dominante tendo 3.320.000 fichas, contra as 1.350.000 de Longobardi.

Na primeira mão o russo conseguiu sacar mais 400.000 fichas a Longobardi, e na segunda mão do heads-up deu a estocada final no adversário:

“Longobardi raise para 200.000, Bogdanov dá call.

Flop: hqd7d4
Bogdanov check, Longobardi aposta 60.000 e recebe call.

Turn: s6
Novamente check call de Bogdanov. Desta vez a aposta de Longobardi foi de 240.000

River: s4
Bogdanov check, Longobardi aposta 300.000, Bogdanov anuncia all-in. Longobardi verifica as suas cartas, olha para o tecto e decide-se pelo call all-in.

Longobardi tinha hkdq e Bogdanov c6c4 para full-house”

  1. Rinat Bogdanov – €229,800
  2. Alessandro Longobardi – €111,700
  3. Andrea Dato – €72,275
  4. Simon Ravnsbaek – €52,575
  5. Gianluca Trebbi – €42,705
  6. Andrea Carini – €32,195

*fotos WPT

Este torneio já terminou, mas este fim de semana há muito poker para acompanhar. Segue na nossa página de Live Report a Etapa #2 do Tróia Tour.

Partilha esta notícia

1 Comentário

Notsogood13 há 9 anos

As 4 raparigas estao incluidas no premio?



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário