PokerPT.com

[VOTA] Mercier chama-lhe “tragédia”, Ribeiro não vê problema e McCormack agradece

01/07/2019  /  Luís Sousa Sem Comentários

As World Series Of Poker atraem milhares de pessoas a Las Vegas em busca do sonho da bracelete, lado-a-lado a oferta de poker MTT aumenta desde o Venetian ao Planet Hollywood, para umas carteiras, ao Aria para outras. Mas se o calendário de torneios dos casinos da Cidade do Pecado é denso, a disponibilidade de mesas de cash games é infinita… ou pelo menos deveria ser, algo que o francês Benjamin Pollak descobriu não ser bem realidade nos High Stakes Cash Games do Aria e que Jason Mercier deu destaque nas redes sociais, com sabor português por Tomás Ribeiro:

Para os menos anglófonos, na essência Ben Pollak tentou sentar-se numa “mesa privada” de $300/$600 PLO com quatro jogadores sentados mas o acesso foi-lhe negado.

“Isto é uma tragédia” Mercier

Como é habitual, no que a redes sociais diz respeito, o post recebeu reacções e muitas respostas de Sean McCormack, @ThePokerBoss, com destaque para a diferença entre “private game” e “reserved gaming”, algo que parece ser um jogo de palavras para contornar a lei.

Entre as respostas, destaque para o português Tomás Ribeiro:

A primeira resposta é logo de McCormack:

“Não és o primeiro pro a dizer isto mas os que concordam contigo não o dizem publicamente. Obrigado.” agradeceu o Director of Poker Operations do Aria, com CC a Len Ashby, Jeremy Ausmus, Randy Ohel, Christian Harder e Dan Smith.

Concordas com mesas privadas de cash game dentro da poker room do casino?

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário