PokerPT.com

“Vai-te fod…”, a resposta de Negreanu a Shaun Deeb e ao “troll do clickbait” Doug Polk

13/11/2019
PavlovDoorman

Após a controvérsia do WSOP POY, em que Daniel Negreanu pensava ter o título para depois o perder já depois do apito final, porque as World Series tinham atribuído pontos a mais num torneio, o Kid Poker ainda não tinha respondido directamente às bocas de Doug Polk e Shaun Deeb.  “Vai-te fod…”, foi a resposta de Negreanu a Shaun Deeb e o “troll do clickbait” Doug Polk também levou que contar.

Numa entrevista de 30 minutos com Sarah Herring, da PokerNews, Negreanu falou assim dos dois jogadores que o acusaram de saber do erro e de não ter tido nada a ninguém:

O Shaun não diz que acha que, ele diz que eu fui “apanhado a fazer batota“. Já o Doug lançou a dúvida.

O ponto da situação é este, o Shaun Deeb e o Doug Polk fazem acusações sem fundamento contra o Daniel Negreanu. Outra grande notícia: a água é molhada, e acabei de confirmar que o céu continua azul.

Para estas duas pessoas, os factos são completamente irrelevantes. A máquina do Doug, o seu modelo de negócio, é atacar pessoas para ter clicks no seu canal de youtube. Segundo o que as pessoas dizem, ele já não joga poker.

Não me surpreende que eles tenham tomado esta atitude. Contudo tenho várias evidências para mostrar que eu não sabia. Por exemplo, em Rozvadov, o Allen Kessler deu-me um conselho. Disse-me: “durante o intervalo vai jogar o torneio de PLO, e assim podes conseguir mais pontos com os 2 torneios em simultâneo”.

Pareceu-me uma boa ideia, vi o Robert Campbell que não estava no torneio de PLO, e como não quero ganhar escondendo as coisas, disse-lhe: “Robert também devias entrar neste torneio, para puderes ganhar”. Disse-o com desportivismo e para ser o mais justo. No meu vlog eu disse que não queria ganhar assim.

Por isso, a ideia de que queria ganhar de forma injusta, um prémio que não paga nada, que é apenas para satisfação pessoal, só encaixa em pessoas que pensam: “odeio tanto o Daniel”, que ignoram qualquer tipo de situação mais óbvia.

Ah “o Daniel presta muita atenção a isto, devia saber”. Como? Eu sabia o que estava no site, como toda a gente. Não fiz nenhuma tabela com isto. Eu nem sequer estava na corrida, até à parte final.

Existem muitas pistas, que mostram que eu não sabia… Mas fazer uma acusação dessas sem fundamento sobre alguém. No poker isso é o pior que podes dizer sobre alguém, mas eles não se importam porque não há nenhuma repercussão. Eu podia processá-los, mas seria estúpido, não sou esse tipo de pessoa.

Não me surpreende que o troll do clickbait, faça um clickbait de troll, levantando suspeitas sobre algo completamente estúpido.

Depois foi a vez de falar sobre Shaun Deeb, e Negreanu foi menos simpático:

Eu falei com ele em Rozvadov, quase como com uma pessoa normal. Através de alguns amigos dele, percebi que ele tem algo, não sei o quê, algum tipo de desordem, algo que o faz não ter empatia e coisas assim.

Eu nunca tive um beef com ele, mas vindo do nada insultou a minha esposa, continuou a fazê-lo, todos os seus amigos disseram-lhe que foi muito despropositado e que devia pedir desculpas, e ele disse “não vou pedir desculpas por ter uma opinião”.

Ele nem sequer conhece a minha esposa, ela pergunta “quem é este tipo? Nem sequer o conheço. A sério quem é ele?”

Para mim a ponta do iceberg, quer dizer podes meter-te comigo, mandar bocas e tudo isso, mas ela não tem nada a ver com isto. Porque é que a estás a insultar, e continuas a fazê-lo?

Foi surpreendente, porque quase estive para ter uma conversa a sério com ele, em Rozvadov e dizer-lhe: Shaun, sabes que mais? Se estiveres disposto a sentar-te comigo e pedires desculpa, não sabendo se a minha esposa aceitaria, mas se estiveres disposto, podemos conversar sobre isto e eu pedirei desculpa pelas coisas que fiz, mas tens de ser genuíno.

Mas ele não o consegue fazer, mesmo que tenha 50.000 pessoas a explicarem-lhe porque é que passou o risco a 3 de Janeiro, quando viu o meu tweet a dizer que tinha ficado noivo, respondeu dizendo “mal posso esperar pelo tweet do divórcio, daqui a 2 anos“.

Sabes que mais Shaun? Vai-te fod… A sério. Vai-te fod… Qual é o teu problema? És estúpido? Tens algum problema na cabeça? Que caralh…

Durante os 30 minutos, Negreanu voltou a abordar a necessidade de alterar o sistema de pontuação do WSOP POY, a regulamentação do jogo online nos Estados Unidos e falou também deste quase um ano desde que deixou a PokerStars:

Nem sequer passou um ano, é claro que discutimos a separação muito antes de se concretizar. Como disse anteriormente, foi muito bom estar 12 anos com uma empresa, eles estão a passar por muitas mudanças, estão a virar para a UFC, para a Fox Bet, e coisas assim. Desejo-lhes o melhor, são líderes da indústria e é importante que eles continuem a abrir campo no mainstream, para trazerem mais pessoas para o jogo. Mas nesta altura a separação fez sentido, para as duas partes.

Vou seguir um novo rumo, que já delineei, e que partilharei quando se concretizar. Tenho algumas ideias para fazer umas coisas, mas por agora não posso dizer mais nada.

Nunca precisei do acordo (com a PokerStars), para sobreviver ou para jogar torneios. Mas apreciei a maior parte do tempo, excepto a debacle dos SNE (Supernova Elite). Foi uma palhaçada, nunca defendi o que fizeram, não o podia fazer. Disse-lhes na cara, sem me importar se estava a ir contra os termos do meu contrato: “não posso apoiar esta decisão”. Tentei que eles revertessem essa decisão muitas vezes, mas a máquina já estava a andar, era tarde de mais.

Mas além disso, eu compreendo o que a indústria precisa, e de como as coisas precisam de decorrer. O fundo da questão é esta: existem 3 rodas dentadas na engrenagem que é o ecossistema do poker: os profissionais, os jogadores ganhadores que tiram, tiram, tiram, tiram. Depois tens o organizador, que recebe os jogos, tem o software, e que também tira dinheiro do jogo. A única parte importante dessa engrenagem, são os jogadores que perdem dinheiro, porque sem eles a roda não anda. Podes tirar os pros do jogo, e continua a haver jogo. Podes tirar o organizador, e que sejam os pros a organizar as coisas, continua a haver jogo. A única coisa que não podes ter, é somente os profissionais e o organizador, porque eles não jogam uns contra os outros.

Por isso o foco da PokerStars, e todos os outros sites, tem de ser o seguinte: “porque é que prestamos atenção às pessoas que tiram dinheiro do nosso ecossistema, tornando as coisas mais difíceis?”

Os pros são bem-vindos e assim deve continuar, mas não deviam ser a preocupação principal. Eles é que deviam estar gratos, por terem a oportunidade de fazerem a sua vida, por causa de todas as outras partes do ecossistema.

*foto HighStakesDB

€8 Grátis + Bónus 100% até €400

Sem Comentários



Deixe um Comentário