PokerPT.com

Raymond Davis preso por abuso de menores – Nega acusações

29/11/2019
Daniel Fidalgo

Raymond Davis pode não ser um nome muito familiar para a comunidade nacional, mas o jogador de poker de 52 anos detêm mais de $1,6 milhões de ganhos em torneios ao vivo, e é também o fundador do grupo RealGrinders, que tem mais de 18.000 membros.

O jogador profissional americano foi preso e é acusado de abuso de menores. O caso remonta já a 2016, quando foi emitido um mandato de prisão de Raymond Davis. Alegadamente, o jogador de poker pagou a uma menor de idade, que conheceu no Facebook, para ter relações com ele na sua casa. Uma amiga da rapariga acrescenta ainda que ele pagou para elas tomarem banho juntas para seu divertimento.

Davis nega as acusações na entrevista concedida ao 8NewsNow, admitindo que visitava “casas de massagem” e que procurava mulheres na internet, mas nega envolvimento com menores de idade.

O caso é até um pouco estranho pois o jogador de poker esteve quase três anos com um mandato em seu nome mas sem nunca ser detido. Até que foi preso numa operação stop, em Abril deste ano.

Nunca, nunca na minha vida paguei a uma rapariga, menor de idade para ter sexo.

Nunca fizeram (polícia) um esforço para vir à minha casa. Nunca apareceram na minha loja. Sou bastante conhecido. Qualquer pessoa, até um miúdo de 10 anos é capaz de me encontrar. Tenho bastantes seguidores. Estou nas redes sociais. A minha morada está lá. Tenho um Camaro vermelho personalizado, com o meu nome, o meu negócio inscrito.

Se me tivessem enviado uma intimação a dizer que tinha um mandato, eu iria entregar-me, ia a tribunal e pagava a fiança.”, disse Davis na entrevista.

Raymond Davis foi preso em Abril ficou livre sob uma fiança de $25.000. Mas o facto de se querer representar a si mesmo em tribunal e alegações contra o tribunal e juízes, fizeram a sua fiança subir para $500.000, o que o levou para a prisão.

Foto: CardPlayer

€8 Grátis + Bónus 100% até €400

Sem Comentários



Deixe um Comentário