PokerPT.com

partypoker com nomes reais nas mesas de high stakes e heads-up para breve

Depois do fim dos HUD’s já anunciado para dia 17 de Junho, a partypoker prepara-se para usar nomes reais nas mesas de high stakes e heads-up em breve.

Quando em Março deste ano Rob Yong se sentou à mesa com Lee Davy e falou pela primeira vez sobre o tema da proibição dos HUD’s na partypoker, poucos acharam que essa medida poderia vir a ser posta em prática pela sala de poker online que deseja chegar ao topo do mercado mundial.

Certo é que a medida vai mesmo entrar em vigor a 17 de Junho e é só mais uma no grande número de alterações que a sala pretende implementar para melhorar o ecossistema de jogo, ou como gostam de dizer “nivelar o jogo”.

Outras alterações também já foram entretanto colocadas em prática, como a introdução de um novo hand replayer e a proibição de observação de mesas de cash games. Talvez a maior e mais significativa tenha mesmo acontecido no combate aos Bots, com a sala a apresentar relatórios com os números de contas bloqueados regularmente.

Regressando ao título da notícia, Rob Yong veio agora dizer que a partypoker se prepara também para alterar algumas políticas no que se refere aos nomes dos jogadores na sala. No mais recente podcast com Jeff Gross, Yong disse que em breve, talvez ainda em Julho, a sala vai mostrar o nome verdadeiro dos jogadores nas mesas de high stakes e nas mesas de heads-up, medida que se deve também estender às mesas dos satélites para os torneios de poker ao vivo, assim como aos torneios realizados para a comunidade (em referência aos home games, recentemente introduzidos no site).

“Não vamos permitir o uso de nicknames nas mesas de high stakes, por isso os jogadores irão usar o seu nome real.”

Já no que se refere à extensão desta medida a todas as mesas de poker da sala, Yong diz que o processo poderá demorar anos, mas que com isso espera “trazer mais jogadores recreativos”, onde pensa que a sala está a contribuir para um melhor ambiente nas mesas, mesmo que isso comprometa o seu futuro como líder de mercado.

“É impossível para a partypoker retirar o lugar à PokerStars nos próximos dois a três anos, mas não impossível que a partypoker se torne uma boa alternativa – esse é o nosso principal objectivo. A PokerStars é muito grande e muito forte, os jogadores de poker não te querem dar necessariamente todo o seu apoio mesmo sabendo que estás fazer a coisa certa.”

freeroll pokerpt livesponsors

 

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário


08/06/2019 Daniel Fidalgo Sem Comentários