PokerPT.com

Partouche Poker Tour vai regressar

Foi em 2012 que fechou portas um dos circuitos europeus de maior nome, que chegou a passar por Portugal. Mas foi agora confirmado por Patrick Partouche, que o circuito Partouche Poker Tour vai regressar.

Foi atráves da sua conta de Twitter, que o responsável pelo Grupo Partouche, disse que ia dar uma entrevista à rádio RMC, para anunciar de forma oficial o regresso do circuito.

Os mais novos nestas andanças não devem saber o que era a Partouche Poker Tour, um dos maiores circuitos europeus, e cujo Main Event atraía estrelas de todo o Mundo. Tal assim era, que entre os vencedores do Main Event podemos encontrar:

Um circuito que caiu em desgraça durante a realização do Main Event de 2012, e cujo anúncio de encerramento foi feito ainda durante esse Main Event. A polémica instalou-se quando foi anunciado que esse Main Event teria €5 milhões garantidos de prizepool, contudo surpresa das surpresas, após encerrado o período de registos e verificando que os buy-ins não chegavam para alcançar o valor garantido, a organização afirmou que nunca tinha garantido os €5 milhões, antes teria dito que era um valor estimado.

A comunidade de poker não se ficou, e rapidamente começou a partilhar imagens de promoção do torneio, onde explicitamente garantiam os €5 milhões de prizepool, imagens do próprio site que minutos depois apareciam corrigidas. A machadada final nas intenções da organização, foi o aparecimento de um vídeo do então director de Marketing da empresa, Jean-Jacques Ichai, onde este afirmava que os €5 milhões eram garantidos. Perante todo este imbróglio, Patrick Partouche incomodado por apelidarem a sua empresa de “Partouche de ladrões”, decidiu-se por anunciar o final do circuito após esse Main Event.

Antes deste caso, já a Partouche Poker Tour tinha estado envolvida noutro escândalo, desta vez sem culpas, quando teve de expulsar um dos finalistas do PPT Cannes de 2010. Falamos de Ali Tekintamgac, que após revisão das câmaras de segurança, foi apanhado a receber informação de “falsos jornalistas que revelavam através de sinais as cartas dos seus oponentes.”

Já em 2013, a Partouche encerrou a sua sala de poker online e ainda nesse ano foi tornado público que a dívida do Grupo Partouche a um sindicato de bancos era de €233.7 milhões, e que o Grupo não tinha conseguido chegar a acordo com os credores, e que ia avançar para a reestruturação da dívida.

Apesar de todos estes problemas o Grupo Partouche continuou a trabalhar no seu core business, os casinos ao vivo (4 dezenas de casinos em território francês), mas em 2018 a polémica voltou. Em Março, 3 directores do Grupo Partouche foram detidos por “acusações de jogo ilegal, branqueamento de capitais e fraude fiscal”.

Voltando ao presente e segundo o site Clubpoker, já existe um calendário provisório não oficioso da 6ª temporada da Partouche Poker Tour, com Cannes a voltar a ser a sede do torneio final.

  • Aix – 24 a 26 de Janeiro
  • Lyon Vert – 21 a 23 de Fevereiro
  • Forges-les-Eaux – 13 a 15 de Março
  • La Grande Motte – 3 a 5 de Abril
  • Divonne-les-Bains – 15 a 17 de Maio
  • Saint-Amand-les-Eaux – 5 a 7 de Junho
  • Pornic – 17 a 19 de Julho
  • Cannes – 31 de Agosto a 6 de Setembro (Final de temporada com um buy-in de €7.000)

A Partouche Poker Tour chegou a visitar Portugal, nomeadamente o Casino Estoril, em Agosto de 2010 com o Partouche Poker Million, ganho por Jani Rasinan, e onde António Matias foi o 2º classificado.

€8 Grátis + Bónus 100% até €400
Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário