PokerPT.com

Nelson Alves vence embate contra Doug Polk

O feriado de 5 de outubro de 2020 fica marcado pela comemoração da Implantação da República Portuguesa e também pela afirmação, mais uma, do poker nacional. Este foi o dia escolhido por Nelson Alves e Doug Polk para um cash game “match” que juntou muita gente no rail e terminou de forma positiva para as cores nacionais.

grafico alvesxpolk

A acção decorreu quase sempre em 3 mesas de no limit hold’em $50/$100 e Nelson chegou a estar $90.000 no vermelho com perto de 300 mãos disputadas (1).

A este período menos positivo seguiu-se uma paragem para recarregar, literalmente, a conta do jogador português e depois disso tudo mudou. Perto das 600 mãos (2) já tinha recuperado $30.000 e às 800 mãos (3), depois de uns altos e baixos mais acentuados, a recuperação ia nos $50.000, ou seja, estava a perder $40.000.

Entre as 800 e o milhar de mãos o “swing” esteve bastante presente mas do milhar até ao término do match o sentido foi sempre o da subida. Recordo que o match parou depois de 3 horas mas Polk aceitou regressar e cumprir o tempo estipulado previamente.

polk chat

No final, mais de 5 horas depois e de uma excelente recuperação, Nelson saiu a ganhar $3.3000 e com o sentimento de dever cumprido. Enfrentou e bateu um dos maiores nomes do poker mundial, que embora possa estar a tirar a ferrugem para o match que o vai opor a Daniel Negreanu, não é um “pato”.

O resultado até pode parecer magro se for visto de forma isolada, ainda assim, basta que se olhe para o gráfico e essa sensação de magreza desaparece.

Depois do embate, Polk disse a Alves que poderá ou não voltar a jogar e que precisava estudar. Disse também que o luso jogava de forma diferente de todos aqueles com quem jogava, e de Negreanu também, e que precisaria preparar-se.

Nelson ofereceu-se para ajudar Polk na preparação para o embate contra Negreanu e ficou no ar essa possibilidade.

WP Sir!

€8 Grátis + Bónus 100% até €400
Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário


06/10/2020 BlocoDaBarra Sem Comentários