PokerPT.com

“Milagre improvável de replicar” John Hesp e o 4º lugar no WSOP 2017 ME

Os mais atentos ao mundo do poker no ano passado não terão esquecido certamente o nome de John Hesp. Pedro Skyboy Oliveira não terá seguramente mas todos deveremos manter viva a aventura, pois o responsável pela eliminação do melhor português da história do World Series Of Poker Main Event é um caminho ainda menos provável do que o de Moneymaker em 2003.

Neste início de 2018, a BBC encontrou o sexagenário a disputar um torneio de £440 com £43.000 para o Top5, que supomos ser um side event do 888poker Live London 2017, valores a vários zeros dos $2.6 milhões que Hesp arrecadou no último Verão, em Las Vegas. Esta participação é em si fora do regular poker local a £10 a entrada, que desde as WSOP renderam uma Final Table para £200, formando a fantástica lista de resultados no Hendon Mob:

(ordenado por prémio)

A familariedade do jornalista da BBC com o poker não é enorme, a julgar pelo uso do termo “cyber-poker” para poker online, e daí a sua perspectiva sobre o field, sobre a forma como Hesp e o seu colorido casaco e diposição contrastam com o mar de “caras obscurecidas” do poker ao vivo.

“Não sou um jogador regular, jogando quatro ou cinco vezes por semana. Jogo uma vez por mês no casino local de Hull por £10 […] Nunca sonhei que tal pudesse acontecer. Estava na minha bucket-list há anos. O meu objectivo era ficar no Top1000 e divertir-me!

Mais diferenças entre John Hesp e a generalidade dos que disputam o jogo podem ser encontradas nos meses seguintes ao encaixe de sete dígitos, onde o jovem de 64 anos optou por regressar ao seu ofício na venda de caravanas, em Bridlington, quatro dias por semana, após uma curta pausa num exótico local? Nah, na sua caravana estática em Pateley Bridge, Yorkshire Dales.

Tenho que reconhecer que sou muito aborrecido. Não gasto largas somas de dinheiro em roupas caras ou Rolexes. Ofereci um bom pedaço à minha família e investi num negócio como sleeping partner. Mas ainda tenho o mesmo carro.”

Um Land Rover Discovery com pouco mais de 40.000 KM e um DeLorean, agora com fundos para instalar um flux capacitor, eram e continuam a ser os ocupantes da garagem de Hesp, que prefere o poker ao vivo ao online:

“Os jovens que cresceram com os jogos de vídeo e a internet frequentemente não têem um lado social no seu jogo. Eles sentam-se sossegados com os seus óculos-de-sol e phones, alguns com aspecto de quem nunca viu a luz do sol. Eles deveriam divertir-se mais e não ter medo de socializar na mesa. O poker online nunca me foi apelativo. Simplesmente não é o mesmo quando não consegues ver a cor dos olhos do teu adversário ou sentir a real atmosfera da sala.”

No futuro, pela natureza pacata de Hesp, será improvável que este volte a saltar para a ribalta do mundo do poker, a não ser que algum dos dois projectos que lhe parecem associados veja alguma concretização. O próximo item da lista é tentar levar as WSOP para East Yorkshire e apesar das óbvias dificuldades, conversar não custa.

“Fiz perguntas genuínas em Vegas. Mas, não surpreendentemente, nem todos no mundo do poker estão entusiasmados de ir a Bridlington. Não tem casino, por isso precisamos de localização para licença. A procura continua.”

Mais realístico pode ser o resultado das conversa com Hollywood sobre uma produção à volta da sua história incrível.

“Fui contactado por um par de productores enquanto estava em Vegas e tive uma oferta formal. Estamos a falar de um orçamento de alguns milhões de libras, filmando 25% em Bridlington e 75% em Vegas – devido a obrigações contractuais não posso dizer mais. Mas está definitivamente “nas cartas”. E haverá um livro.”

George Clooney ou Tom Hanks, são as sugestões que Hesp coloca à consideração para interpretar o papel da maior figura sinónima com a sorte do tempo recente, que o próprio reconhece.

“A skill é obviamente uma parte significativa, mas os melhores jogadores não conseguem ganhar sem sorte. Sim, fiz alguns bons bluffs e calls em Vegas mas tive muitas mãos premium e os deuses do poker estavam a brilhar sobre mim.

Na minha visão foi um milagre e um improvável de replicar.

A resposta de fecho sobre se se tornaria profissional: “Absolutamente 100% que não!

*foto JayneFurman

Ao fazeres um Primeiro Depósito mínimo de €10 na PokerStars, tens direito a €20 Grátis, utilizando o Código de Bónus portugal20.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário