PokerPT.com

Jogador processa Caesars por “fraude”

14/12/2017
PavlovDoorman

Robert Anthony Lay apresentou uma queixa na justiça contra o Caesars, depois de ter garantido um lugar no WSOP Global Casino Championship, através de um ranking, e depois ter sido banido das propriedades do Caesars antes da final.

A decisão do Caesars baseia-se no cadastro de Lay, que em 2013 foi condenado em conjunto com outras 57 pessoas, por ter participado numa rede de apostas desportivas ilegais. Um caso pelo qual foi condenado a uma pena suspensa que acabou em Janeiro de 2017.

Depois do final da sua pena, Lay decidiu passar a frequentar o circuito de torneios ao vivo, entre os quais os torneios Circuit das World Series of Poker. E foi através desses torneios, que conseguiu um lugar no Top-50 do Ranking Anual, que garantia um lugar na final: o WSOP Global Casino Championship.

O advogado de Lay diz compreender que os casinos se defendam de pessoas potencialmente nocivas para o seu negócio, mas o que não podiam fazer foi deixar Lay participar ao longo do ano em todos os torneios, e só depois de garantido o lugar na final, o banir dos seus empreendimentos.

Mac VerStandig, o advogado, diz ainda que Lay pagou milhares de dólares em rake ao Caesars, dinheiro que podia muito bem ter ido para empresas concorrentes.

Ao fazeres um Primeiro Depósito mínimo de €10 na PokerStars, tens direito a €20 Grátis, utilizando o Código de Bónus portugal20.

Sem Comentários



Deixe um Comentário