PokerPT.com

“Estou cansado” – Jason Koon

16/03/2019
Daniel Fidalgo

Jogador profissional da partypoker e também embaixador das Triton Super High Roller Series, Jason Koon é um nome mais do que conhecido do poker mundial. Apesar das suas origens humildes, o jogador americano soma ao longo da sua carreira quase $28 milhões em prémios ao vivo.

Mas apesar de todo o seu sucesso, Jason Koon sente-se cansado, e foi isso mesmo que confessou na sua mais recente publicação no seu blog da partypoker. “Nos últimos anos tenho estado cansado. Faço de tudo para estar em forma“, começa a sua publicação, onde explica as suas rotinas para se manter ao mais alto nível.

Mas o cansaço de que Koon fala não é físico, apesar das insanidades que os jogadores profissionais por vezes fazem para se manterem num bom jogo de cartas. É um cansaço psicológico e emocional.

A situação não é nova na comunidade de poker. Muitos jogadores profissionais reconhecidos já passaram por situações semelhantes ao logo das suas carreiras, onde manter a motivação no jogo nem sempre é fácil.

“Isto pode parecer absurdo, e não consigo precisar os sentimentos que tinha ao jogar micro limites, mas penso que em certos momentos os limites baixos foram mais intensos do que sinto hoje a jogar limites altos. Se és competitivo, perder é doloroso, independentemente do jogo ou limites. Para o melhor e pior, usei essa dor como inspiração para melhorar o meu jogo.

Tenho a certeza de que muitos jogadores de poker que estão a ler isto se revêem no sentimento que descrevi. Não é que não me importe com os resultados e não fique animado por aparecer e competir. Eu ainda sinto as emoções positivas e negativas que acompanham o jogo, só não as sinto com a mesma intensidade de quando comecei a jogar. Acredito que, na essência, a sensação que estou a descrever é um mecanismo de defesa que me ajuda a manter a homeostasia entre as grandes oscilações do poker high stakes.”

Para Koon, que venceu recentemente dois torneios das Triton Super High Roller Series para quase $3,5 milhões, o jogador profissional deve muitas vezes desapegar-se das emoções para se manter ao mais alto nível no poker.

“Para jogares no teu melhor tens que deixar de lado os resultados. As emoções levam as estados que se tornam barreiras a uma óptima performance. Se estás constantemente a saltar de emoções sempre que ganhas ou perdes com ás-rei para par de damas, não irás resistir muito tempo.

Não há dúvida de que um estado mental calejado pode ajudar-te a estares ao mais alto nível no poker.”

Koon aponta ainda que não se deve permanecer nesse estado de neutralidade durante muito tempo e que é essencial para ele conectar-se com as coisas que lhe proporcionam satisfação. Onde termina a publicação dizendo que ainda continua com muita ambição no poker.

“Manter o máximo de desempenho por longos períodos de tempo é difícil. É exaustivo. Isso afecta meus estados físico e mental. Tentar superar os melhores jogadores do mundo exige um enorme esforço. Não sei por quanto tempo me esforçarei para me apresentar ao mais alto nível no poker. Continuo com fome. Ainda tenho muita garra, mas enquanto aqui estiver, vou estar cansado.”

Já nos segues no Facebook? Instagram? Youtube?

Sem Comentários



Deixe um Comentário