PokerPT.com

Integridade do jogo: $1,87 milhões reembolsados pela PokerStars em 2019

Foi já há quatro meses que a PokerStars lançou uma página dedicada à integridade do jogo. Além de explicar como a sala detecta os jogadores que fazem batota e como são conduzidas as investigações, o Departamento de Integridade do Jogo da PokerStars foi mais longe, e à semelhança do que já e feito noutras salas, nomeadamente na partypoker, resolveu também divulgar os números relativos à sua actuação nas mesas.

Os dados apresentados no infográfico disponibilizado à cardplayerlifestyle são relativos ao último trimestre de 2019, anteriores à última polémica que Patrick Leonard trouxe a público com o uso indevido de inteligência artificial em várias salas, e bastante reveladores da forma como a PokerStars actua para deixar o jogo o mais seguro possível.

Relatório da Integridade do jogo na PokerStars no 4º trimestre de 2019
Imagem cardplayerlifestyle.com

Nunca a sala da espada vermelha foi tão aberta e revelou números sobre as suas operações para tornar o jogo mais seguro. Segundo os responsáveis da sala, esta medida serve para informar os jogadores que têm mais de 50 programadores e analistas a selar para que o jogo seja o mais seguro possível e que assim possam tomar a melhor decisão na hora de jogar poker online.

Analisando os números, ficámos a saber que dos 2.848 casos revistos de collusion, 2.687 não estavam a cumprir os termos da sala e que apenas 98 dos 582 casos reportados pelos jogadores tinham fundamento. Para os casos de collusion, a sala revelou que são conduzidas duas investigações independentes e que em caso de ambas chegarem à mesma conclusão o caso está encerrado, mas se não houver concordância, o caso segue para um terceiro membro e todos juntos determinam se a conta está ou não dentro das regras da sala.

Nos BOTS, dos 709 casos analisados, 105 estavam em incumprimento dos termos da sala e apenas 15 dos 428 casos apresentados pelos jogadores foram confirmados. Aqui, a sala revelou que o seu método de detecção, como todos os outros, poderá não ser 100% eficaz e que alguma conta legítima poderá estar mal categorizada.

Em números globais, a sala contou com 1,9 milhões de jogadores activos no 4º trimestre, com 2.792 jogadores a verem os seus fundos confiscados para um total anual de $1,87 milhões reembolsados.

Acerca da proibição do uso de HUD’s que algumas salas adoptaram, o Departamento de Integridade da PokerStars diz que a grande maioria dos jogadores da sala não usa software de terceiros e cada operador tem a sua própria visão acerca disso. O objectivo da sala é limitar o uso de softwares de terceiros que forneçam informações em tempo real aos jogadores e que assim tenham vantagem, garantido que qualquer software que não cumpra as suas regras será colocado na sua blacklist.

Oferta de €20 com Depósito Mínimo de €10
Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário


19/06/2020 Daniel Fidalgo Sem Comentários