PokerPT.com

GVC Holdings: partypoker cresce 8% em 2019

07/03/2020
Daniel Fidalgo

A GVC Holdings, empresa-mãe da partypoker, apresentou ontem o relatório de resultados relativos ao ano transacto, no qual apresentou receitas liquidas de £3,655 mil milhões, um aumento de 23% em relação a 2018 (£2,979 mil milhões).

Os bons resultados da empresa devem-se essencialmente às receitas obtidas online e no retalho na Europa, já que no Reino Unido, a companhia sofreu com as novas leis nos terminais de apostas (FOBTs) com a aposta máxima a baixar para as £2.

As receitas online subiram 13% para £2,12 mil milhões em 2019 com crescimento em seis sectores:

  • Reino Unido – +11%
  • Alemanha – +15%
  • Austrália – +43%
  • Itália – +21%
  • Crystalbet – +59%
  • partypoker – +8%

A partypoker cresceu 8% nos lucros em relação a 2018, com o lançamento da nova aplicação móvel no último trimestre do ano a ser indicado como nova fonte de aquisição em 2020. Apesar dos números animadores, a partypoker tinha crescido 40% em 2018 e isto pode significar um abrandamento da rede de poker online.

A performance do grupo foi impulsionada pelas integrações realizadas, onde ainda não estão contabilizadas a migração de jogadores da Ladbrokes Poker e Coral Poker da rede iPoker para a partypoker.

As novas regulamentações em curso nos Estados Unidos são uma janela de oportunidade para o GVC Group que aponta o acordo com o MGM como chave para o sucesso. O grupo tem acesso a 19 mercados e está a operar em 7, esperando estar em 11 mercados no fim deste ano. Espera-se por isso que a partypoker venha a ter um novo papel nos Estados Unidos “como marca nacional de poker”, como é apresentada no relatório.

€8 Grátis + Bónus 100% até €400

Sem Comentários



Deixe um Comentário