PokerPT.com

“Grande demais para mim” Sam Trickett e as mesas de Macau onde diz que alguns potes chegaram aos $50 Milhões

08/11/2018  /  PavlovDoorman Sem Comentários

Será que as mesas de high stakes de Macau se tornaram tão grandes que deixou de haver espaço para os jogadores profissionais? Pelo menos para um deles parece ser o caso, falamos de Sam Trickett, que admite que os jogos de Macau chegaram a um ponto que são “grandes demais para mim“.

Numa entrevista ao jornal britânico Mirror, Trickett começou por falar das mesas do Crown Casino, de Melbourne. Onde ele acompanhou um amigo que fechava uma mesa de Gamão ou Blackjack, a pagar $500,000 por lugar.

Ele estava a jogar a meio milhão de dólares por lugar, com empregados por todo o lado, pessoas a irem e virem, e era apenas ele contra o dealer.

Somente ele a jogar contra o casino, quase como uma cena de James Bond.

Eu só lá estou a ver, e às vezes é surreal, vendo as quantias de dinheiro que trocam de mãos.

Mas isso é o tipo de coisas que se vê quando jogas nestas salas de high stakes.

A conversa seguiu para norte, até Macau e para as mesas de poker. Trickett diz ter presenciado um pote de $20 milhões, que um amigo seu bluffou.

Um amigo meu fez bluff contra um empresário, o que é muito estúpido.

Não devias fazer bluffs contra empresários muitas vezes, porque eles têm tanto dinheiro que vão dar call!.

E foi através destes amigos que Trickett ficou a saber dos números verdadeiramente estratosféricos de agora:

Mas esses amigos de quem falo, dizem que estão a jogar cada vez mais alto. Quando os jogos ficam realmente altos, jogam potes de $50 milhões.

Eu costumava jogar lá, quando o jogo era mais pequeno. Agora é grande demais para mim; é gigantesco.

Deixando Macau de parte, Trickett falou da sua experiência, e de como um grande prémio já não lhe provoca tanta emoção como antigamente:

Se andares numa montanha russa uma vez é fantástico, mas se andares 50 vezes, deixa de ser divertido.

É um pouco isso que sentes ao ganhares potes grandes, após algum tempo perdes aquele pico de adrenalina, a não ser que continues a subir níveis e a jogar para além dos teus limites – então sim sentes de nova a adrenalina. Mas isso é algo que não faço.

Jamais jogarei um jogo onde uma possível perda afetaria os meus sentimentos. Nunca me vai afectar negativamente.

Quando comecei a jogar, costumava fazer isso. Costumava ser um dos tipos que arriscava nos grandes jogos. Quando perdia sentia-me mal e quando ganhava ficava nas nuvens.

Não é um estilo de vida saudável quando o resultado de uma sessão afecta as tuas emoções e dita o teu estado de espírito. Tens de perceber isso cedo caso contrário vai tomar conta de ti.

Podem ler a entrevista na íntegra aqui.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário