PokerPT.com

Campeão do WPT500 das WPT Online Series desclassificado

09/06/2021
Daniel Fidalgo

O caso é caricato mas não é único no mundo do poker online. O campeão do WPT500 das WPT Online Series David Afework foi desclassificado do torneio e não compreende a razão que levou a partypoker a tomar esta medida.

Tudo foi dado a conhecer pelo próprio jogador no fórum de poker 2+2. Afework abriu uma thread a pedir ajuda pois não sabe porque razão foi desclassificado do torneio e viu todo o saldo da sua conta confiscado, incluindo  £18.000 que ganhou a jogar roleta no casino online da partypoker após a vitória de $160.210 no referido torneio.

Segundo Afework, a partypoker alega que uma terceira pessoa terá jogado o torneio na sua conta. O que para o jogador é impossível, como conta no fórum:

“Eu joguei na minha conta, num Laptop Dell no meu quarto, onde vivo há meses. A minha namorada (que não tem conhecimentos de poker) foi a única pessoa que me viu jogar durante o torneio. Estive sozinho 99% do tempo.”

O único motivo que Afework vê para que tenha sido desclassificado é o facto de morar com um outro jogador de poker e que ambos dividem o mesmo endereço de IP:

“Eu imagino que esta história de terceiros tenha a ver com o facto de que eu tenho vivido com outro jogador de poker a maior parte dos últimos 7 meses, por isso talvez eles vejam que partilhamos o mesmo IP, ou algo do género. Sou completamente transparente quanto a isso e não tenho que o esconder, ninguém teve acesso à minha conta a não ser eu, isso é 100% certo.”

Entretanto, o jogador já entrou em contacto com a Comissão de Jogo do Reino Unido antes de dar os primeiros passos para levar o caso à justiça.

Por outro lado, a partypoker continua a alegar que o jogador deixou que terceiros acedessem à sua conta enquanto jogava e que reuniu provas suficientes que isso aconteceu para proceder à apreensão dos fundos do jogador por violar as regras dos Termos e Condições da sala:

“Temos uma equipa de Integridade no Jogo que usa uma grande variedade de métodos de detecção para proativamente identificar contas que violam os nossos termos e condições.

(…) Se reunirmos provas suficientes de que isto aconteceu, temos o direito de entrar em acção de modo a manter um ambiente seguro e integro nos nossos jogos. Quando o dinheiro é confiscado de uma conta que infringiu as nossas regras e políticas, nós esforçamo-nos para redistribuir esses fundos em tempo útil aos jogadores que foram afectados.”

E foi mesmo isso que aconteceu. Os jogadores do torneio que foram prejudicados subiram todos uma posição e receberam o dinheiro correspondente, como foi confirmado pelo próprio embaixador da sala Jaime Staples, que terminou este evento na terceira posição e subiu ao segundo lugar, recebendo mais $30.000.

€8 Grátis + Bónus 100% até €400

Sem Comentários



Deixe um Comentário