PokerPT.com

Depois do Partouche, mais batota na Holanda

01/02/2011
Eduardo

Lembram-se de Ali Tekintamgac, o jogador que foi desqualificado e expulso da mesa final do Partouche Poker Million por fazer batota com a ajuda de falsos jornalistas? Pois desta vez foi Kadir Karabulut, um desses "jornalistas" apanhado com a boca na botija.

O ano passado os cúmplices de Tekintamgac estavam difarçados de jornalistas que aproveitavam a sua posição privilegiada para revelar as cartas dos seus adversários. Um dos cúmplices era Kadir Karabulut que, não contente com a desqualificação do parceiro do crime, tentou a mesma graça no evento principal do Holland Casino Dom Classic.

O resultado foi o mesmo.

Pieter De Kover jogava esse torneio e reparou no comportamento suspeito de Kadir Karabulut e de um fotógrafo que lhe fazia sinais. Demasiados sinais. De Korver chamou a atenção do director que interrompeu o torneio para averiguar o que se passava.

Depois de vários outros jogadores ameaçarem abandonar o torneio caso Kadir Karabulut não fosse desqualificado, o director optou por essa solução. Aliás, não só foi expulso Kadir Karabulut, como também vários fotógrafos e espectadores.

Mark Woldberg, porta-voz do casino, assegurou que nenhuma das pessoas envolvidas no esquema voltará a jogar qualquer evento do casino. Outra consequência foi o endurecimento dos procedimentos de acreditação dos media para que estas situações possam ser evitadas no futuro.

Sabes onde encontrar notícias de poker nacional e internacional ao minuto? Segue oTwitter e oFacebook do PokerPT.com.

1 Comentário



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário