PokerPT.com

Conheça Dustin Mele, o vencedor do Passaporte PokerStars

No passado fim-de-semana ficou-se a saber quem vai passar o próximo Ano a viajar pelo Mundo inteiro pela mão da PokerStars, na condição de detentor do exclusivo Passaporte PokerStars. Dustin Mele garantiu os buy-ins e despesas de deslocação para dez grandes torneios ao redor do Globo. Agora que se prepara para embarcar na sua primeira aventura, é altura de o ficarmos a conhecer melhor.

Aqui está uma breve apresentação na primeira pessoa:

“Tenho 23 Anos, e a minha tem sido uma longa jornada pelo mundo do Poker até esta altura. Comecemos pelo princípio:
Foi em 2005 que eu descobri a PokerStars. Honestamente, a PokerStars foi das melhores coisas que me podiam ter acontecido. Comecei a jogar regularmente, melhorando as minhas capacidades e a minha bankroll de forma lenta mas segura. Em breve, descobri os satélites. Era espantoso poder jogar para um buy-in de $10.000 por tão pouco. Quase sem que desse por isso, ganhei 3 satélites e estava a caminho de jogar o WPT Foxwoods Poker Classic, o WPT Mirage Poker Showdown e o Main Event das WSOP, todos eles pacotes no valor de $12.000.´

Infelizmente, nenhum dos torneios me correu bem, e na sequência das minhas duas viagens infrutíferas a Las Vegas, dei por mim com a minha bankroll reduzida a níveis mais baixos do que eu gostaria. Tinha que começar tudo de novo, arranjei um novo emprego como cozinheiro e continuei a jogar na PokerStars. Comecei a jogar em níveis muito mais baixos do que aqueles a que estava habituado, mas estava determinado a evoluir e a voltar aos níveis mais altos, sabia que não queria continuar naquele emprego, tinha outras ambições, estava bastante determinado nisso.
Continuei a escalar degraus na minha carreira no Poker, quando me apercebi que se pode ser bem recompensado por estar no Top 100 da Tournament Leader Board (TLB) da PokerStars. Nessa altura, a minha bankroll estava de volta a níveis mais confortáveis, por isso despedi-me do meu emprego e passei a jogar a tempo inteiro na PokerStars. Não havia nada que me pudesse impedir de estar no Top 100 da TLB.
Joguei com mais concentração e determinação do que jamais havia feito na minha vida. Sabia que jogar Poker era aquilo que queria fazer e aquilo que adorava fazer. Não há muitas coisas boas na minha vida para além do Poker ou de jogar na PokerStars, era isso que me fazia feliz. Assim, concentrei-me na TLB e consegui entrar no Top 100 e manter-me aí. Não foi de maneira nenhuma uma tarefa fácil. Há muitos jogadores dedicados e com talento na PokerStars, por isso tinha que jogar inúmeros MTT’s e S&G’s e ter sucesso, o que exige muitas horas.

Assim, finalmente, estava no Top 100 de Novembro e de Dezembro, e tinha dois freeroll’s sensacionais para jogar. O primeiro era para quatro pacotes para o PokerStars Caribbean Adventure. Garanti este freeroll por terminar o mês de Novembro no Top 100 da TLB, mas a sorte não me sorriu durante o torneio.
O freeroll seguinte era para o Passaporte PokerStars e $25.000 de prémio. Este era um dos fields mais duros que eu já enfrentara num torneio. No final, eu tinha ficado com todas as fichas em disputa e, honestamente, não há palavras que exprimam aquilo que senti ou o quanto isso significou para mim. É a melhor coisa que já me aconteceu na vida, de longe. Este próximo ano vai ser espantoso. Vou viver a vida que tenho perseguido e com que tenho sonhado há anos. Mal posso esperar para viajar pelo Mundo e jogar nos maiores torneios nos sítios mais famosos da Terra.

Não consigo realmente expressar a gentileza e a generosidade que a PokerStars tem para com os seus jogadores. A PokerStars tem o melhor site, com mais freeroll’s e a melhor equipa de suporte que existe. Isto apenas prova que qualquer um é capaz. Se quiseres alguma coisa com muita determinação e trabalhares muito para isso, podes conseguir o que quer que seja."

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador. Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.