PokerPT.com

Rob Yong apresenta novos dados no diferendo entre Matt Kirk e Leon Tsoukernik

O britânico Rob Yong, dono do clube Dusk Till Dawn, decidiu publicar um post no seu blog sobre o diferendo existente entre Matt Kirk e Leon Tsoukernik. Diferendo que para já resultou na apresentação de duas queixas judiciais.

Ainda ontem fizemos notícia do processo apresentado por Leon Tsoukernik, contra Kirk e o Aria casino. Queixa onde reclama uma indemnização de $10 milhões.

Até agora tudo parecia indicar que o dono do King’s Casino estava a fugir às suas responsabilidades, ao não querer pagar o dinheiro que pediu emprestado a Matt Kirk, e que depois perdeu a jogar contra o próprio Kirk. Mas a acreditar nas palavras de Rob Yong, a percepção pode ser diferente.

O que acontece em Vegas fica em Vegas (NÃO)

Artigos que referem o meu envolvimento num acordo entre o Matt Kirk e o Leon Tsoukernik têm algumas imprecisões, por isso vou contar à comunidade de poker os factos.

A Noite

Estava a dormir profundamente quando o heads-up entre o Leon e o Matty se jogou. Estive a jogar na Ivey’s Room até de manhã cedo nesse dia, a seguir a jogar tive uma reunião e depois fui para o meu quarto e não voltei a acordar. A primeira vez que ouvi falar do heads-up foi na Liquid (piscina).

A Piscina

No dia seguinte fui à Liquid. Quando cheguei à nossa cabana, o Matty veio ter comigo e disse-me que tinha ganho $3 milhões a jogar heads-up contra o Leon na noite passada, e estava preocupado sobre o pagamento. Não percebi porque é que o Leon tinha pedido emprestado para jogar, ele tinha um depósito superior a $4 milhões que ganhou na roleta, por isso perguntei ao Matty o que se tinha passado.

O Jogo

O Matty disse-me que o jogo ficou “descontrolado” quando o Leon ficou muito embriagado, e pediu-lhe emprestado $3 milhões em fichas do Aria, que depois perdeu para o Matty a jogar heads-up. Perguntei-lhe porque é que não parou de jogar se o Leon estava bêbado ou porque não se recusou de lhe emprestar mais dinheiro. O Matty disse que não queria ganhar e sair da mesa, e que o Leon o estava a pressionar muito para continuar. O Matty disse-me que o jogo acabou finalmente com o Leon a dever-lhe $2 milhões, mas eles falaram no elevador do Aria, a caminho dos quartos, e regressaram à Ivey’s Room, para continuarem a jogar, com o Leon a pedir emprestado mais $1 milhão, que acabou a perder para o Matty.

O Acordo [Parte I]

O Matty disse-me que lamentou emprestar dinheiro ao Leon, vendo-o naquele estado, mas também me disse que o Leon o tinha alertado que nunca mais jogaria contra ele, se ele tivesse interrompido aquela sessão. Eu disse ao Matty que já tinha jogado contra o Leon, com ele embriagado, por isso percebia os argumentos do Matty – mas que decidi levantar-me e deixar de jogar e penso que ele deveria ter feito o mesmo. O Matty perguntou-me o que é que devia fazer. Eu respondi “estou certo que o Leon vai pagar tudo, mas se te sentes mal, e queres dar-lhe um desconto como um gesto simpático, também me parece bem”. O Matty perguntou que desconto? Após alguma consideração respondi “talvez $2 milhões em dinheiro e jogar heads-up pelo restante $1 milhão que lhe emprestaste depois do elevador, pois é óbvio que o jogo nunca devia ter reiniciado, com o Leon naquele estado. O Matty concordou e pediu-me para ser eu a propôr este acordo ao Leon. O Matty queria acertar isto nesse mesmo dia, antes de voltar a jogar com o Leon.

Acordo acertado

Mandei uma mensagem ao Leon, ele não respondeu por isso liguei-lhe e acordei-o. Disse ao Leon que o Matt queria acertar o assunto nesse dia porque era uma soma avultada, e que depois de tudo acertado podíamos continuar a jogar durante o resto da viagem. Assim que o Leon chegou à Liquid ele disse-me: “Diz ao Matty que não se preocupe, não me lembro de muita coisa, mas hoje pago tudo o que perdi”. Eu disse ao Leon que o Matty queria oferecer-lhe um desconto com $2 milhões em dinheiro mais um heads-up de $1 milhão (portanto equidade de $2,5M). O Leon respondeu “tudo bem, o que ele quiser”. Chamei o Matty para a nossa beira e ele e o Leon deram um abraço e apertaram as mãos, aceitando o acordo.

Acordo já não é válido

20 minutos depois o Matty chamou-me à entrada do Liquid, enquanto ele estava a falar com outra pessoa ao telefone. O Matty disse-me “não há acordo, o Leon tem de pagar os $3 milhões na totalidade”. Perguntei porquê e ele disse-me que a pessoa ao telefone disse que não havia acordo, e que ele não podia fazer nada. O Matty passou-me o telefone, mas a chamada já tinha caído – não cheguei a falar com a outra pessoa. Voltei à nossa cabana e disse ao Leon que o acordo já não estava em vigor e o Leon disse “isto é ridículo, fazes-me levantar da cama, dormindo apenas 2 horas, não me lembro de nada mas concordo com tudo, até me ofereci para que o dinheiro viesse agora mesmo para aqui, aperto as mãos e agora dizes-me isto!”. O Leon saiu da Liquid. Falei com o Matty e disse-lhe que ele e o Leon deviam falar disto durante a Aria Superbowl. Preferia nunca me ter envolvido, o Leon estava disposto a pagar os $3 milhões, e o Matty foi um cavalheiro ao oferecer um disconto ao Leon, e não sei como foi tudo pelo cano abaixo. Nunca vou conseguir um trabalho na política.

O Acordo [Parte II]

Uns dias depois regressei ao Reino Unido. O meu telefone tocou e eram o Leon e o Matty numa chamada em conferência. O Leon disse “eu e o Matty estamos na caixa do Rio, chegamos a acordo e gostavamos que fosses testemunha. Vou dar $1 Milhão ao Matty e ele aceita isto como o ponto final no assunto”. Eu disse “ah? $1 milhão, estás a falar a sério? Matty WTF”. O Matty disse “sim, está tudo bem, temos acordo, quero deixar isto para trás”. Não conseguia acreditar no que acabara de ouvir, mas no final das contas, eles apenas queriam que eu fosse testemunha e eu estava farto de estar envolvivo por isso disse “ok, sou testemunha”.

A Ruptura

Nessa noite o Matty ligou-me por skype. Ele estava furioso, disse que já não se importava com o dinheiro e que ia utilizar o milhão para arruinar a reputação do Leon, no mundo do poker. Disse-me que quando ele e o Leon se sentaram para chegar a acordo, este lhe disse “é uma lição para ti, não devias emprestar dinheiro a pessoas embriagadas” e que o Leon falou-lhe como se ele fosse uma criança. Perguntei ao Matty “porque raios aceitaste o milhão?” e ele respondeu que o Leon ofereceu-lhe o milhão, e que pela forma como o Leon lhe falou ficou furioso e acabou por aceitar.

Os processos judiciais

Um par de dias depois o Leon mandou-me uma mensagem a dizer que um advogado apareceu no Rio e lhe disse que tinha um processo contra ele, de $2 milhões. Mandei mensagem ao Matty e ele respondeu que segundo o advogado não podia falar mais comigo.

O Meu Papel

Procurei aconselhar-me com os meus amigos mais próximos no mundo do poker, cuja opinião respeito. Sinto-me bem com o conselho que dei ao Matty no Liquid, e tenho a confirmação de pessoas que estavam na Ivey’s Room, que o estado do Leon tinha piorado a um ponto em que ele chegou a foldar uma mão vencedora, contudo eu não estava presente enquanto o jogo decorria e por isso apenas podia sugerir uma solução com base nos factos que me chegaram, sem tomar partido por nenhum deles, e estou disponível para aparecer num tribunal do Nevada e repetir palavra por palavra, sob juramento, caso seja chamado pelo advogado do Matt ou do Leon.

Ao fazeres um Primeiro Depósito mínimo de €10 na PokerStars.pt, tens direito a €20 Grátis, utilizando o Código de Bónus portugal20.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador. Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.