PokerPT.com

Foi o próprio Carlos Hernández a pedir para ser afastado da DGOJ

Causou alguma surpresa o afastamento de Carlos Hernández do cargo de director da Dirección General de Ordenación del Juego (DGOJ), pois a publicação oficial falava em destituição por ordem do Ministro das Finanças.

Pois Carlos Hernández tornou pública uma carta de agradecimento, onde explica que foi ele que pediu ao Ministro com a tutela do jogo, que o afastasse do cargo. Carta que podem ler aqui.

Hernández agradece a confiança que sentiu das pessoas que o nomearam, e coloca-se à disposição para ajudar quem passar a dirigir a entidade reguladora.

Apesar de dizer sentir-se orgulhoso com o que conseguiu fazer desde 2012, a comunidade de poker espanhola não está muito satisfeita com o trabalho de Hernández, que ao longo dos quase 4 anos, não conseguiu baixar os impostos nem aplicar a liquidez partilhada com outros mercados.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Partilha esta notícia

1 Comentário

brunoVJ há 4 anos

Nem estão lá satisfeitos, nem nós jogadores portugueses, com os nossos reguladores. No entanto, nada é feito para que a situação mude...



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário