PokerPT.com

Negreanu não concorda com nomeação de Moneymaker para o Hall of Fame, e diz que Mortensen é o seu favorito

16/09/2016
Eduardo

No início desta semana foi apresentada a lista dos 10 candidatos à classe de 2016 do Poker Hall of Fame. Uma escolha que levantou alguma celeuma entre a comunidade, e que levou Daniel Negreanu a explicar o seu ponto de vista no blog.

Análise ao Poker Hall of Fame de 2016

Leiam isto:

  • O jogador deve ter jogado poker contra adversários reconhecidamente de topo
  • Deve ter um mínimo de 40 anos aquando da nomeação
  • Jogar high stakes
  • Jogar bem de forma consistente, ganhando o respeito dos seus colegas
  • Resistiu ao teste do tempo
  • Ou, para não-jogadores, contribuído para o crescimento geral e sucesso do jogo do poker, com resultados positivos e duradouros.

Após leres isto, lê de novo. Diz em algum lado que um jogador tem de ser um bom embaixador do jogo? Diz em algum lado que importa quanto o candidato doou a instituições de solidariedade de ajuda a crianças? Não. Não diz.

Se estás a votar, e discordas com o critério de entrada, levanta essa questão, mas por favor respeita as regras e vota de acordo com as mesmas. Este não é um concurso de popularidade nem é o local para meter aqueles que achas serem boas pessoas. Um jogador deve ser julgado com base nos critérios estabelecidos para a escolha de jogadores. Um não-jogador deve ser julgado pelo seu trabalho na indústria. Por isso, um tipo como o Chris Moneymaker, por exemplo, deve ser julgado apenas como jogador. O que quer dizer que todas as coisas boas que ele fez ao longo dos anos, enquanto embaixador do jogo, não têm relevância. Ele deve ser julgado pelos critérios estabelecidos para jogadores.

Dito isto, vamos olhar para os nomeados e ver quantos critérios cada um alcança:

  • Chris Bjorin 5/5
  • Humberto Brenes 4/5
  • Todd Brunson 5/5
  • Eli Elezra 3/5
  • Bruno Fitoussi 3/5 (1/1 como não-jogador)
  • Chris Moneymaker 2/5
  • Carlos Mortensen 5/5
  • Max Pescatori 3/5
  • Matt Savage 1/1
  • David ‘Devilfish’ Ulliott 5/5

Tenho 4 dos nomeados como claramente elegíveis. Os outros pode debater-se, mas o voto é meu e utilizá-lo com base na minha percepção sobre estes candidatos. Além disso, eu vejo a quem MELHOR preenche os critérios. Não apenas quem cumpre os mínimos, mas o jogador que se distinguiu em cada uma das áreas. Enquanto que alguns dos nomeados preenchem os critérios, existe uma lista de jogadores que podia nomear, e que teria cumprido os critérios com melhores resultados. Eu elaborei uma lista de jogadores que não foram nomeados, e que provavelmente deveriam ter sido:

David Chiu

  • 5 braceletes WSOP
  • Vencedor do Torneio dos Campeões
  • Vencedor do WPT Championship
  • $8 milhões ganhos em torneios
  • Belo jogador em todos os formatos tanto em torneios como em cash games

Huck Seed

  • Campeão do Main Event WSOP
  • 4 braceletes WSOP
  • $7,6 milhões ganhos em torneios
  • Jogou as maiores stakes contra os melhores jogadores de cash do mundo

John Duthie (categoria de não-jogador)

  • Criou o EPT do nada, indo de país em país negociar a criação de eventos com o desafio de tratar com regulamentos diferentes. Fez acordos de televisão para dar prestígio aos eventos, e hoje, o EPT é o maior e mais bem sucedido circuito do mundo

David Oppenheim

  • Um dos vencedores mais consistentes nos maiores cash games ao longo dos últimos 20 anos, jogando com as maiores stakes disponíveis
  • $1,8 milhões ganhos em torneios, com um calendário de torneios muito limitado
  • Altamente respeitado entre os seus pares, em todos os jogos

Ray Dehkharghani

  • 1 bracelete WSOP
  • $1,6 milhões ganhos em torneios, com um calendário de torneios muito limitado
  • Muitos dirão que é o melhor jogador de mixed games do mundo, na actualidade, e tem participado de forma consistente nos maiores jogos do mundo, ao longo dos últimos 20 anos
  • Altamente respeitado entre os seus pares, em todos os jogos

Isai Scheinberg (categoria não-jogador)

  • Mudou para sempre o mundo do poker, com a criação da PokerStars, a maior marca de poker do mundo e um líder da indústria. Salvou muita gente da indústria quando comprou a Full Tilt Poker e reembolsou milhões de dólares aos jogadores que muito dificilmente iriam reaver o seu dinheiro.

Jeff Lisandro

  • 6 braceletes WSOP (3 braceletes de Stud no mesmo ano)
  • $5,4 milhões ganhos em torneios
  • Jogador vencedor em High Stakes

John Hennigan

  • 4 braceletes WSOP
  • Vencedor do $50K Players Championship
  • $6,8 milhões ganhos em torneios
  • Jogador vencedor em High Stakes

Não consigo dizer quantas pessoas me contactaram dizendo que a minha lista é muito mais adequada, comparando com a lista de nomeados de 2016. É uma pena que jogadores como David Oppenheim e Ray Dehkharghani não sejam nomeados, porque os fãs provavelmente não fazem ideia de quem são. Eles não jogam na TV, em vez disso fazem milhões nos cash games e qualquer grande jogador de mixed games sabe quem eles são, e respeita imensamente os seus jogos.

É também provável que os membros da imprensa não saibam avaliar o quão bons ou maus estes jogadores de cash são. Não há forma de consultar resultados, por isso tudo o que podem fazer é avaliar os jogadores que na verdade jogam contra eles.

O mundo do poker mudou muito nos últimos 15 anos e uma audiência mais vasta presta atenção a este jogo. Após o poker boom as pessoas que decidiam os nomeados e escolhidos para o poker hall of fame, tinham conhecimento detalhado dos jogadores mais apropriados. Agora tudo isso esbateu-se. Muitas pessoas, que não têm qualquer conhecimento sobre quem é mais merecedor, têm impacto na lista de nomeados que é apresentada.

Ainda não decidi como vou dividir os meus votos, mas o que posso dizer é que se não dei 5/5 ou 1/1 nos critérios, não irei votar nessas pessoas. Este ano o tipo que se destaca, para mim é: Carlos Mortensen.

  • Campeão do Main E
    vent WSOP
  • Vencedor do WPT Championship
  • 2 braceletes WSOP
  • Vencedor de 3 WPT’s
  • Líder da all-time money list em eventos WPT
  • $12 milhões ganhos em torneios

Acho que o Carlos não tem muito a avaliar, em termos de cash games, no seu currículo, mas os seus resultados num calendário limitado de torneios comparados com o jogador típico de torneios, é espantoso. É demasiado bom para ignorar. Ele tem sido dominador em torneios e creio que é capaz de ter o ROI mais elevado em torneios, entre todos os jogadores com mais de 30 anos (o Fedor ainda não tem 30, pois não??).

Por isso uma coisa que tenho certeza, é que o Carlos vai ter o meu voto. A dúvida é, vou dar-lhe os meus 10 votos, ou vou dividir os votos por mais pessoas? Ainda não tenho a certeza, mas acredito que o Matador merece a honra.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Sem Comentários



Deixe um Comentário