PokerPT.com

Gus Hansen não se sente preparado para jogar high stakes e pode passar para as mesas de 2/4 e 5/10 PLO

21/01/2015
Eduardo

O dinamarquês Gus Hansen do qual falamos a semana passada por ter decidido investir na criação de um baralhador automático de bridge, deu uma entrevista onde disse que não se sentia preparado para regressar às mesas de high stakes.

Numa entrevista ao site dinamarquês Pokeryhederne, durante um torneio de bridge, Hansen começou por falar no final do seu contrato com a Full Tilt.

Eu tinha uma boa relação com a Gus Hansen não se sente preparado para jogar high stakes e pode passar para as mesas de 2/4 e 5/10 PLO. Uma boa relação que continua nos dias de hoje. Decidimos seguir caminhos diferentes em Setembro quando o meu contrato acabou. Normalmente é nessas alturas que se dão as separações.

A Full Tilt está ligada à PokerStars, que é uma espécie de irmão mais velho. Eles quiseram seguir um caminho distinto para se concentrarem a 100% em tentar encurtar a distância para a PokerStars.

Sentiram que não tinham orçamento para ter pessoas como eu e o Isildur1 na sua equipa. Ele acabou o contrato pouco depois do meu.

Se calhar foi uma boa altura para sair da Full Tilt. Não é segredo para ninguém que estava a perder muito dinheiro, durante um largo período de tempo. E por isso talvez fosse o mais sensato a fazer, ter espaço para respirar.

Depois do contrato, Hansen fala sobre o poker, e o seu afastamento das mesas:

Como as pessoas sabem eu não tenho jogado muito nos últimos 4 ou 5 meses. Tive uma semana entre o Natal e o Ano Novo, em que tinha um dia bom seguido de um dia mau, depois um dia muito bom e um dia muito mau. Acabei com um pequeno prejuízo.

Não foi um regresso muito bem sucedido. Não me parece que tenha jogado bem. Existiram muitos factores sobre os quais não tinha controlo.

Queria ver como estava depois de uma larga pausa, mas senti que não estava preparado para entrar no covil do leão.

Já se passaram umas semanas desde então e não sinto pressa de voltar a jogar online ou ir jogar um EPT.

Tenho as WSOP no calendário. Tenho o EPT do Mónaco no calendário. Mas não faço ideia do que se vai passar até lá.

Nestes dias tenho estado na Dinamarca com amigos e familiares. Vou viajar nas próximas semanas, entre outras coisas para jogar um torneio de bridge na Islândia e um torneio de squash em New York. Squash que é outra das minhas paixões.

Por isso de momento não tenho qualquer plano relacionado com o poker. Posso jogar um pouco online mas num patamar mais baixo. Pode ser 2/4 ou 5/10 Pot Limit Omaha para recuperar a forma, e não enferrujar.

Não sei se isso acontecerá amanhã ou daqui a 4 semanas… Definitivamente não será amanhã, pois estou ocupado com este torneio de bridge em Copenhaga durante os próximos 4 dias.

Na verdade não sei, não posso dar uma resposta precisa.

Em baixo podem ver a entrevista em dinamarquês, mas com legendas em inglês.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Sem Comentários



Deixe um Comentário