PokerPT.com

André Cuco terminou LAPT/BSOP São Paulo no 6º lugar – vitória de Caio Hey

04/06/2014
Eduardo

E à sexta badalada o Cuco cantou pela última vez no torneio LAPT/BSOP de São Paulo. Um torneio que quebrou todos os recordes de participação na América do Sul, com 1.150 jogadores a pagarem o buy-in de R$4,400 (€1.442). Ao terminar no 6º posto, o português André Cuco recebeu R$140,000 (€45.127,73).

Este torneio disputado no Hotel Holliday Inn, São Paulo, teve 2 dias de arranque e terminou no Dia 4. Dia a que chegaram 8 jogadores:

  • Lugar 1: Caio Hey – 2.715.000
  • Lugar 2: Angel Guillen – 3.790.000
  • Lugar 3: Gustavo Vascão – 1.700.000
  • Lugar 4: Juan Pablo Franco – 1.840.000
  • Lugar 5: André Cuco – 2.490.000
  • Lugar 6: Alex Sako – 1.480.000
  • Lugar 7: Victor Sbrissa – 9.325.000
  • Lugar 8: Joaquin Ruiz – 5.425.000

A mesa final começou da pior forma para o português da Akkari Team, que logo nas primeiras mãos dobrou Alex Sako. Depois de um raise de Juan Franco, André foi all-in na SB, e Sako deu call all-in na BB de 1.470.000. Juan fez fold e André com cahk perdeu para c9s9 de Sako.

Apesar desta perda de fichas, Cuco conseguiu resistir às primeiras eliminações. A primeira baixa da mesa final foi Gustavo Vascão, que perdeu com c2d2 para h3d3 de Joaquin Ruiz.

Com 7 jogadores em prova, Cuco conseguiu dobrar as 1.345.000 fichas que tinha, com h6d6 contra hqht de Joaquin Ruiz. Depois deste double up, Cuco viu Victor Sbrissa eliminar Juan Franco. O all-in deu-se ainda em pre-flop, com dast de Sbrissa a superar s9cq de Franco.

A saída de Cuco não demorou muito mais tempo:

Cuco em MP anunciou all-in de 1.620.000, e Sbrissa no botão deu call. As blinds não foram a jogo.

Sbrissa: das8
Cuco: cqhj

O desfecho foi o que se pode ver na seguinte imagem:

No final o português não esqueceu todos aqueles que o apoiaram ao longo destes dias:

O Team PokerStars Pro Angel Guillen, ficou no 5º lugar, despedindo-se do torneio com sqhq contra c5h5 de Caio Hey. Este último conseguiu um runner runner straight com d2d9c3s4c6 na mesa.

Em 4º ficou Alex Sako, vítima de Victor Sbrissa. Sako arriscou as suas últimas fichas (2.870.000) tendo sjct, e não conseguiu ultrapassar sah7 de Sbrissa.

Os 3 finalistas pediram à direcção do torneio para parar a acção, e acabaram por chegar a acordo. Acordo que deixou R$160.000 em jogo para o vencedor e no qual cada finalista garantiu os seguintes valores:

  • Caio Hey – R$520.000
  • Victor Sbrissa – R$510.000
  • Joaquin Ruiz – R$410.000

O argentino Ruiz não conseguiu chegar ao heads-up, perdendo para Victor Sbrissa. Apesar das várias eliminações que conseguiu durante a mesa final, Sbrissa chegou com grande desvantagem ao heads-up, tendo 10.750.000 fichas contra as 18.000.000 de Caio Hey.

O final não demorou muito a chegar, e em apenas 5 minutos ficou definido o vencedor:

Sbrissa na SB vai all-in de 6.770.000 e Caio deu call.

Sbrissa: h6s6
Hey: dkc9

Flop: d7djck
Turn: d9
River: d4

  1. Caio Hey – R$660,000 (€212.543)
  2. Victor Sbrissa – R$510,000
  3. Joaquin Ruiz – R$410,000
  4. Alex Sako – R$250,000
  5. Angel Guillen – R$190,000
  6. André Cuco – R$140,000 (€45.127,73)
  7. Juan Pablo Franco – R$105,000
  8. Gustavo Vascao – R$75,530

*fotos PokerStarsBlog

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do&nbsp
;poker nacional e internacional.

Sem Comentários



Deixe um Comentário