PokerPT.com

O mercado negro não assusta o Reino Unido

16/04/2014
Eduardo

Jenny Williams, máxima responsável da Comissão de Jogo do Reino Unido, diz que o mercado negro não assusta a sua comissão, porque ao manter um mercado aberto, os jogadores não terão a necessidade de recorrer a salas não licenciadas.

Em declarações ao site eGamingReview, Williams disse o seguinte:

O mercado do Reino Unido não sofrerá os mesmos problemas de mercado negro, que se verificaram em Espanha e Itália depois da regulamentação.

Esses mercados têm uma oferta muito diferente com uma lista muito mais restrita de produtos.

No caso francês, têm uma taxa fiscal muito mais elevada. O Reino Unido, e o seu mercado tão aberto, será algo similar ao caso dinamarquês, onde há grande confiança em que o mercado negro é muito menor.

A nova lei de jogo britânica deve entrar em vigor a 1 de Dezembro, destacando-se a imposto sobre o “ponto de consumo”, o que permitirá a salas estrangeiras receberem jogadores britânicos, desde que a sala pague o imposto correspondente à localização do jogador.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Sem Comentários



Deixe um Comentário