Dívidas da Epic Poker League são de quase $8 milhões

O turbilhão criado pelo processo de falência da Epic Poker League continua a criar motivos de debate. Agora sabe-se que afinal o montante em dívida é de $7,8 milhões e que Annie Duke por exemplo recebeu $300,000 em salários.

Os números analisados pela revista Cardplayer são exorbitantes. Desde que que Federated Sports + Gaming (empresa que criou a Epic Poker League) abriu portas os seus executivos receberam mais de $1,100,000. Entre eles destaque para as seguintes cifras:

  • Annie Duke – $299,784
  • Jeffery Pollack – $226,652
  • Jeffrey Grosman – $216,666
  • Daniel Goldberg – $181,062
  • Michael Brodsky – $166,666

Além destes valores pagos, destaque para documentos que suportam dívidas a estas mesmas pessoas, responsáveis pela FSG:

  • Duke reclama $71,669
  • Pollack reclama $169,322
  • Goldberg reclama $167,962
  • Grosman reclama $67,796
  • Brodsky reclama $149,050

Na declaração de Assuntos Financeiros de 3 de Abril de 2012 lê-se que durante os 14 meses que esteve a funcionar, a FSG teve receitas de apenas $37,052, engrossando no entanto a sua lista de dívidas – $7,892,242.

Este novo documento de 3 de Abril apresenta ainda uma lista de domínios .com registados pela FSG. Por curiosidade deixo alguns desses domínios:

  • fuckepicpoker.com
  • epicpokerfail.com
  • epicpokerfailure.com
  • epicfailpokerleague.com
  • epicfailurepoker.com
  • epicannieduke.com
  • 3picpoker.com
  • brunsoncup.com

Muitos jogadores não se mostraram nada surpreendidos com a bancarrota da Federated Sports + Gaming.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador. Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.