PokerPT.com

Advogado do GBT diz que profissionais devem entre $10 a $20 milhões à Full Tilt

É uma lista de respeito aquela que Benham Dayanim apresentou como sendo a de jogadores que devem dinheiro à sala que o Groupe Bernard Tapie está em vias de adquirir. Phil Ivey, David Benyamine, Erick Lindgren, Barry Greenstein, Mike Matusow e Layne Flack entre outros.

Diz o advogado do GBT que caso estas dívidas não sejam pagas, a concretização da aquisição do site corre sérios riscos:

“Se o dinheiro não entrar, cria um sério obstáculo à concretização do negócio. Este não é o único problema com a compra, e o negócio não será quebrado apenas por causa de UM problema – mas este problema é de importância substancial.”

“A diligência que fizemos revelou que a posição financeira é pior do que antecipamos,” disse Dayanim ao site Gaming Intelligente. “Não queremos ter de fazer várias queixas individuais contra os profissionais pós-aquisição, por isso estamos a tentar negociar mas não temos feito muito progresso.”

Apesar deste contratempo, fontes dentro do próprio Groupe Bernard Tapie, esperam concretizar o negócio com a Full Tilt Poker e o Departamento de Justiça até ao final do mês.

Um dos envolvidos na lista divulgada pelo advogado do Groupe Bernard Tapie, já reagiu. Podem ver a declaração de Barry Greenstein aqui.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário