PokerPT.com

Ira Rubin declara-se culpado no processo Black Friday

Ira declarou-se culpado das acusações de conspiração, ele que viu o seu nome envolvido no processo Black Friday como alegado processador de pagamentos das salas PokerStars, Full Tilt e Absolute Poker.

De acordo com as acusações feitas sobre Rubin, este terá auxiliado os referidos sites a processarem os pagamentos de bancos, disfarçando as operações com falsos comerciantes online. Rubin foi preso na Guatemala, onde deveria estar a preparar-se para viajar para a Tailândia.

Ao declarar-se culpado, vê a sua pena de prisão reduzir para 18 a 24 meses. Sendo que a sentença só será conhecida em Maio de 2012. Se não confessasse enfrentava uma possível pena de prisão de 55 anos.

Diz a PokerNews que Rubin estava envolvido em 9 queixas, mas que confessou apenas 3. Esta não é a primeira vez que Rubin enfrente a justiça. Em 2006 foi preso por uma fraude relacionada com tele-marketing, em que vendia cartões de crédito inexistentes a clientes dos Estados Unidos.

Acompanha o nosso Twitter e Facebook para ficares a par das novidades do poker nacional e internacional.

Partilha esta notícia

6 Comentários

4lk4line há 9 anos

Mais ridículo ainda é a pena máxima deste crime ser 55 anos e em Portugal matar alguém ser 25.

cohen8 há 9 anos

ridículo esta redução de pena... parece k afinal não é só cá onde existem exemplos ridículos na justiça...

arciliomende há 9 anos

devem ter feito de propósito para ele se dar como culpado xD

CALLIBAN há 9 anos

#2, pensei o mesmo! lol

EvolutionPT há 9 anos

de 55 anos para 24 meses max. Acho que qualquer culpado se daria como tal

tiagotomas50 há 9 anos

faltam juizes destes ca em portugal



Os comentários não são permitidos de momento

Deixe um Comentário