PokerPT.com

Já se joga o World Poker Challenge

O World Poker Challenge em Reno sempre foi um dos marcos do World Poker Tour, desde a sua edição de estreia, há seis anos atrás, mas apesar do seu rico historial, o torneio deixou este ano de fazer parte do circuito do WPT. Como resultado desta decisão, e também devido à ocorrência de outros eventos simultâneos um pouco por todos os EUA, o torneio de $7.5000 de buy-in acabou por atrair apenas 261 jogadores, abaixo dos 425 da edição anterior, o que foi, no entanto, suficiente para gerar um primeiro prémio anunciado de praticamente meio milhão de dólares.

A menor afluência de participantes permitiu que todos eles se sentassem às mesas de jogo no primeiro dia, sem que tenha havido necessidade de dividir os jogadores por dois “Dias 1.” A jornada iniciou-se com alguma controvérsia, umas vez que muitos profissionais mais conhecidos, que haviam feito o seu registo mais tardiamente, acabaram por ficar sentados todos nas mesmas mesas, enquanto que os vencedores de satélites locais acabavam por fazer companhia uns aos outros no canto oposto da sala.

Enquanto muitos se queixavam dessa situação, Mike Matusow preferiu uma abordagem mais optimista, declarando-se satisfeito com a presença imediatamente à sua direita do agressivo John Phan. Matusow viu os seus desejos tornarem-se realidade quando fez all-in com AQ e viu Phan fazer-lhe call com AJ. No entanto, o flop trouxe um indesejado Valete e “The Mouth” deixava de se fazer ouvir na mesa.

O mais inconformado com esta distribuição de jogadores terá sido Greg Mueller, que chegou a ser ameaçado com o castigo de expulsão se não parasse com os seus protestos. Mueller acabaria por ser vítima do jogo hiper-agressivo de George Panagakis, quando foi all-in com os seus 2 pares e se viu contra o “open-ended straight draw” de Panagakis. No river saiu um dos 8 outs e Mueller era eliminado do torneio.

O “field” continuava a encolher ao longo dos 9 níveis de blinds jogados neste dia, contabilizando pelo meio as eliminações de jogadores como Joe Sebok, Men Nguyen, Jerry Yang, Gavin Smith, Barry Greensteinou o campeão em título J.C. Tran.

No último nível do dia, chegaria a altura do assalto de Phil Ivey à chiplead; depois de passar toda a jornada quase que “adormecido,” deixando a sua stack ser delapidada pelas blinds até ficar com pouco mais de 10.000 fichas, Ivey iniciaria a sua recuperação, que teria como ponto alto uma jogada em que vai all-in com “nut flush” e é pago por um adversário com sequência; double-up para as 160.000 fichas e tínhamos Phil Ivey na liderança do torneio.

Pouco depois, o dia chegava ao seu termo, com 75 jogadores ainda em jogo. O Dia 2 terá lugar hoje, e durará até que restem 7 jogadores, os que irão constituir o alinhamento das últimas 3 mesas do World Poker Challenge.

Eis a contagem de fichas do Top 10 actual:

1. Phil Ivey – 179.900
2. Eli Elezra – 173.800
3. Alan Epstein – 135.200
4. Jordan Rich – 131.300
5. Steve Conigliaro – 130.200
6. Tim West – 121.000
7. Hasan Habib – 110.300
8. Steve Faulty – 99.500
9. Don Dooley – 97.900
10. Bill Edler – 93.300

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador. Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.