PokerPT.com

Roubar as Blinds por ALLEN CUNNINGHAM

As etapas intermédias de um torneio de poker, podem ser momentos bem tortuosos e entediantes, até mesmo para os prós mais experimentados. O longo trajecto até ao dinheiro, combinado com um sem-fim de potenciais cenários de risco que pode encontrar ao longo do trajecto, tornam difícil a tarefa de delinear uma estratégia infalível. Dito isto, um dos aspectos mais importantes para fases intermédias de torneios é ganhar potes em pré-flop.

Se não recebeu boas cartas nos primeiros níveis normalmente terá as mesmas fichas com que começou, ou pode ter tido a sorte de ter dobrado ou triplicado logo nas primeiras mãos. Pode estar a minutos ou a horas de atingir o dinheiro, dependente do número de participantes, e a média de fichas pode ser de 20, 30 ou até 40 Big Blinds, conforme a estrutura.

Não importa qual a situação, é muito importante que tenha em mente que assim que as blinds começam a representar uma percentagem significativa da sua stack, você quererá roubar o máximo que puder. Fazer raise às blinds várias vezes, além de equilibrar o seu jogo, permite também que as suas mãos fortes sejam pagas mais vezes. Vai perder alguns dos seus raises com mãos marginais, quando alguém lhe fizer re-raise ou call, mas também vencerá algumas, e ao fazer raise constantemente convencerá as pessoas a pagarem a sua aposta naquelas mãos em que tem de facto jogo.

Tenha em mente que é importante saber escolher a posição. Em early position continue a jogar tight – jogue apenas com pares altos (, , ou ) e – mas nas ultimas posições, comece a atacar as blinds com uma variedade maior de mãos. Nestas etapas do torneio, se decide jogar uma mão, deve entrar no pote fazendo raise todas as vezes.

Por exemplo, no cutoff ou hijack eu vou a jogo com mãos do tipo , qualquer X suited, todos os pares, duas cartas de figuras, e quando no botão jogarei com mãos piores que estas. Se estiver em late position e alguém antes de mim fizer um raise, tenho duas opções, ou faço call com uma mão muito boa, ou então faço re-raise bluff para vencer o pote em pré-flop.

Se alguém fizer um raise pré-flop que represente mais que 10% da minha stack e eu tenho uma mão que pretendo jogar, pondero fazer all-in ao seu raise. Qualquer re-raise baixo compromete-me com a mão, e fazer apenas call não me dá qualquer informação sobre o adversário. Se fizer apenas call, é provável que o meu adversário faça uma aposta após o flop, e tendo ou não tendo ele um top pair ou over-pair, serei forçado a foldar a melhor mão, ou pode acontecer, ir all-in com uma mão pior.

Por exemplo, digamos que alguém em mid-position faz um raise para 300 e que você no botão tem e 2000 fichas. Neste caso, o meu raciocínio seria que o raiser terá duas cartas de figuras, um par ou X suited, logo uma mão como é forte o suficiente para jogar contra as probabilidades da mão dele.

Penso que neste caso o melhor seria fazer all-in. Isto colocará pressão no adversário que se não tiver uma mão suficientemente forte fará fold. Este movimento também lhe permite evitar o sarilho que seria fazer apenas call e no flop viessem cartas superiores. Se você tem e o flop for de ou high, você não terá a mínima ideia da mão do seu adversário, e se ele abrir o flop com uma aposta, você provavelmente terá de fazer fold.

Eu recomendo ir all-in nesta situação também com ou , porque terá mais acção pré-flop e maximizará o valor da sua mão de risco. Se alguém fizer raise pré-flop com e você escolhe fazer apenas call com um par médio, é provável que eles falhem o flop e façam check-fold. Contudo, se você fizer all-in sobre o seu raise e eles fizerem call, você terá boas hipóteses de ganhar a stack total dele e ficar assim mais confortável para o desenrolar do resto do torneio.

Ao ir all-in com mãos como , , ou nestes casos, está a criar mais oportunidades para vencer potes, quer seja por os seus adversários foldarem mãos marginais, ou a fazerem calls com mãos onde ficarão em 50%-50%. Ao variar o seu jogo e a fazer de vez em quando estes movimentos com monstros, também pode fazer com que os seus adversários façam calls em mãos onde você será claramente o favorito.

Lembre-se, o seu objectivo em torneios de poker é chegar ao dinheiro. Ao atacar agressivamente as blinds e antes quando pensa ser o favorito na mão, pode fazer com que crie uma stack confortável o suficiente para ajudá-lo a ultrapassar as fases negras que possam aparecer nos níveis intermédios, e colocá-lo em posição de jogar para vencer o torneio após a eliminação do bubble.

Este artigo tem o patrocínio da [roomd=24].

[roomd=24]

Partilha esta notícia

Sem Comentários



Deixe um Comentário